Depois da exibição de Albstadt, há uma semana, partindo de posições secundárias, Tom Pidcock teve todas as atenções em si. O inglês arrancava da primeira linha na sua segunda prova na Taça do Mundo XCO. O jovem talento do ciclismo de estrada, do ciclocrosse e do BTT, não só não gorou as expectativas sobre o seu desempenho, como superou-as largamente, esmagando a concorrência, os melhores da especialidade, em Nove Mesto.

PUB
Orbea Genius Dealers

A corrida começou, tal como em Albstadt, com um ritmo intenso de Mathieu van der Poel, e não se precisou mais de uma volta para Pidcock juntar-se ao holandês, assumindo, a dois, a liderança de corrida, deixando os especialistas em claras dificuldades.

Nino Schurter começou desde logo a sofrer por ser o único capaz de seguir o duo Pidcock-MVDP, enquanto Mathias Fluckiger também resistia na dianteira.

Mas Pidcock começou a destruir o grupo da frente. Mathieu van der Poel encarregava-se de perseguir o inglês, que parecia disposto a isolar-se muito cedo, para evitar a chegada ao sprint. No final da primeira volta os dois passaram juntos com uma diferença surpreendentemente grande em relação aos seus perseguidores, Ondrej Cink e Mathias Fluckiger. Schurter ficou sozinho, em terra de ninguém, na 5.ª posição. Enquanto o vencedor da primeira prova, Victor Koretzky, lutava para tentar entrar no top-10.

PUB
KTM E-Bikes BTT

No segundo ‘round’, Van der Poel deu o tom, mostrando-se a Pidcock, enquanto Nino Schurter começou a ficar vazio e a perder posições, ficando fora da luta pela vitória. Na terceira volta Pidcock ataca Van der Poel e abre distância. Desta vez, nem o holandês pôde seguir a roda do inglês. Foi o início do caminho para a vitória de Pidcock, que reforçou a diferença para os demais cavando 30 segundos em um quarto de volta. O britânico voava nas partes molhadas mais difíceis do percurso, sendo o único capaz de pedalar.

Fluckiger atacou Van der Poel, mas o corredor da Alpecin-Fenix ​​defendeu-se e logo contra-atacou na luta pelo segundo lugar. Fluckiger foi terceiro. Ondrej Cink completou a corrida na 4.ª posição e o último lugar do pódio (são cinco corredores) foi para Nino Schurter.

Com estes resultados, com duas provas disputadas, Mathieu van der Poel é o novo líder da classificação geral da Taça do Mundo, à frente de Tom Pidcock, separados por 80 pontos. Koretzky é terceiro.

PUB
Beeq

Também vais gostar destes!