Para fugirmos do mau tempo e do frio que se faz sentir nestas semanas, os treinos indoor são uma solução e o uso dos típicos rolos é uma das opções mais eficazes, certo? Se for um modelo bastante “tecnológico” e compatível com as plataformas digitais do momento, melhor. Se não for muito caro, então melhor ainda. É o caso do modelo Zycle Zpro que tivemos a oportunidade de experimentar. Todos os pormenores já a seguir.

PUB
Polisport Joy

Já lá vai o tempo em que treinar no rolo era aborrecido, um sacrifício necessário quando as condições climatéricas ou a disponibilidade horária impediam – ou desmotivavam – sair do conforto do lar. Os rolos ditos smart (inteligentes) e as plataformas de simulação (Zwift, Bkool e Rouvy, entre as mais populares) vieram revolucionar o treino indoor de ciclismo, ao permitirem o melhor de dois mundos: por um lado, eliminar o tédio, tornando o exercício uma experiência muitíssimo estimulante, até do ponto de vista lúdico; e, por outro lado, recriar o treino outdoor em níveis de realidade virtual bastante satisfatória.

No maravilhoso mundo novo dos rolos smart coabitam os produtos mais modernos da atualidade, eficientes e caros, que integram a bicicleta através da sua transmissão (dispõem de cassete própria, implicando a remoção da roda traseira da bicicleta); e os que descendem diretamente dos antigos e convencionais, integrando a bicicleta inteira e estruturalmente similares aos últimos (que prendem a roda posterior por hastes que seguram a chaveta).

Todavia, comparativamente a estes, procedem a variações automáticas de resistência, recriam a realidade do percurso (quando ligados aos referidos simuladores) quase tão bem como os mais sofisticados (“sem roda”) e têm uma grande vantagem: o preço mais acessível. Nalguns casos, bastante mais.

A competência do Zpro é indiscutível, nos mais diversos aspetos: fiabilidade, precisão, compatibilidade, solidez e facilidade de utilização.

Entre estes rolos inteligentes à antiga destaca-se então este ZPro, um novo produto da marca Zycle, que deriva da renomada Bkool, que deixa de fabricar rolos (harware) para se concentrar no seu simulador (software).

O ZPro é um rolo smart “à antiga”, pois não dispensa a roda traseira da bicicleta, uma espécie que parece em vias de extinção perante as emergentes versões ditas integradas (que dispensam aquela roda…), que têm uma oferta cada vez maior e mais variada.

Contudo, a competência do Zpro é indiscutível, e nos principais aspetos da apreciação de um rolo moderno: fiabilidade, precisão, compatibilidade, solidez e facilidade de utilização.

Zycle Zpro

Desde logo, a montagem e a da bicicleta acontece à moda antiga, reforce-se, e esta não é uma “definição” depreciativa, ainda que seja necessária a acoplagem da unidade central (do rolo) às hastes da estrutura metálica.

Ou seja, soma-se mais uma etapa em caso de transporte (porque são duas peças) e na montagem (idem). As hastes têm uma característica elogiável: a ampla regulação compatibiliza o Zpro com todos os diâmetros de rodas (de 20” a 29”). Por fim, acrescente-se o peso razoável (12 kg) de toda a estrutura. O processo é simples, contudo, e não nos trouxe problema algum. Muito linear.

Outra vantagem deste Zycle é a disponibilidade, em opção, por 59,99 euros, de uma bateria de lítio que substitui a ligação com fios à tomada elétrica, tornando o ZPro autónomo desta, conferindo-lhe funcionalidade na falta de fonte de energia doméstica.

Poderá “trabalhar” durante cerca de cinco horas, a duração da carga da bateria indicada pela marca. Nos nossos testes, conseguimos comprovar este registo, já que foi sensivelmente esse o tempo que conseguimos ter o sistema a funcionar sem termos de recarregar a dita bateria. A bateria é, diga-se, um add-on que vale a pena o investimento. No nosso caso, por exemplo, evita a presença dos cabos espalhados entre a bike, o rolo e a tomada elétrica.

Com a ajuda de acessórios…

Depois, e precisamente pelo mesmo preço, o fabricante propõe uma passadeira plástica semirrígida de boa qualidade. Aqui a situação é diferente, pois existem esteiras do género mais baratas à venda em muitas lojas de desporto, e que certamente garantem o mesmo desempenho e/ou resultado. Ainda assim, se quiseres ter o conjunto completo, é uma opção competente, no mínimo. De série, é o suporte elevatório para a roda dianteira.

Zycle Zpro

A primeira aferição é a de fluidez, estabilidade e ruído muito reduzido.

Antes de começar a treinar, o rolo Zpro pode “ligar-se” às referidas plataformas de simulação para uma experiência quase tão realista com os seus congéneres mais sofisticados ou tão-só ao ciclocomputador da bicicleta, em ambos através de dispositivos ANT+ ou Bluetooth.

Fazemos aqui um correção face ao que referimos antes em relação à antena ANT+: esta não está incluída no pack, está sim em venda em separado. O que está presente é suporte Bluetooth FTMS, algo que torna  Zpro compatível com a maioria dos simuladores virtuais do mercado, como indicado.

Há ainda uma questão adicional e também “externa” à ação do rolo propriamente dito, e que é a adesão e/ou registo nas plataformas digitais com que o Zpro é compatível. É claro que podemos usá-lo de forma mais simples para treinar de modo linear, à antiga, apenas com o ciclocomputador a dar-nos apoio básico.

Mas, nos nossos testes e pela nossa recomendação, isso é desperdiçar um pouco o potencial deste sistema, já que as referidas plataformas estão hoje num nível de interatividade fantástico que nos permitem não só treinar com bastante realismo como também podermos competir virtualmente, algo também muito na moda por estas alturas.

Mas o que queremos dizer é que é assim necessário aderir a essas plataformas, subscrever mensalidades pagas das mesmas, eventualmente, e ainda rodear o rolo dos equipamentos tecnológicos necessários para criar todo este ecossistema. Quem ainda não experimentou, está a perder um “universo” muito interessante…

Após a instalação…. pedalar!

Cumpridas as etapas de instalação – que por mais simples que seja não substitui a montagem permanente numa “pain cave” toda equipada… –, à partida está tudo pronto para começar a pedalar.

A primeira aferição é, desde logo, a de fluidez, estabilidade (estrutura em aço soldado e o benefício de o tubo inferior ser extensível, aumentando a sua base de sustentação) e baixo ruído (disco de inércia equilibrado). Qualidades inerentes aos melhores rolos do mercado, a que se acrescenta a fidelidade da resposta às variações de resistência transmitidas pelo simulador (inclinação do terreno, que recria até 15%, o que é bom para esta gama) ou de potência (suporta até 1.200 W) e que o fabricante garante que é de +/-3%.

Lamenta-se um pequeno atraso na transmissão da força aplicada nos crenques ao simulador (nada de grave). Não são alheias às virtudes a correta construção e a eficácia do rolo em alumínio, com a superfície rugosa para melhorar o atrito e a aderência do pneu.

A nossa avaliação…

O Zycle ZPro é uma agradável surpresa. É um rolo smart a preço mais acessível do que os mais sofisticados (ditos integrados), que reproduz com realismo as sensações da utilização da bicicleta no exterior, sendo compatível com simuladores e apresentando uma precisão bastante satisfatória.

Além disso, é leve e relativamente fácil de instalar. Por menos dinheiro (entre 300 e mais de 1.000 euros de diferença) face a rolos mais evoluídos (os que se tira a roda traseira da bicicleta), garantimos níveis de eficiência compensadores e uma patamar de ruído perfeitamente suportável até para o mais atribulado treino noturno.

Pontos positivos:

  • A boa relação preço-qualidade.
  • A compatibilidade com plataformas de simulação online.
  • A fluidez e o ruído reduzido.
  • A facilidade de utilização em geral.
  • A autonomia da bateria opcional.

Pontos a melhorar:

  • Algum atraso na transmissão da potência para o simulador online (quando ligado a este).
  • Os encaixes das hastes na chaveta podiam ser mais sólidos.
  • Requer algum cuidado no transporte (devido à unidade central do rolo ser removível).
  • Por fim, este não se trata propriamente de um ponto menos positivo, mas sim de uma recomendação nossa: a utilização de um pneu com composto mais duro, para obtermos uma experiência de treino mais apurada.

Especificações do rolo Zycle Zpro:

  • Controlo de resistência inteligente: o rolo ajusta automaticamente a resistência de acordo com a rota, para oferecer uma experiência mais aproximada da realidade.
  • Ligações sem fios: ANT + e Bluetooth Smart (antena ANT + não incluída).
  • Compatível com tamanhos de rodas de 20 a 29 polegadas.
  • Plug & Play: não é necessária qualquer montagem ou calibração. A roda encaixa no cubo.
  • Peso: 12 kgs.
  • Suportes telescópicos para reforço da estabilidade.
  • Mais silencioso, devido ao disco de inércia equilibrado.
  • Simulador Bkool: três meses de assinatura Premium (controlo da resistência extra, para uma experiência em treino aproximada da realidade, diz a marca).
  • Transformador de corrente, USB ANT+, base, aperto rápido.
  • Possibilidade uso da App Zycle.
  • Preço: 449 euros.
  • Preço da bateria ZPower: 59,90 euros.
  • Preço da esteira: 59,90 euros.

A esteira da mesma marca, que custa 59,99 euros. Bom complemento.

Distribuição em Portugal:

Site oficial:

PUB
Orbea

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!