O ciclista espanhol Felipe Orts (Burgos-BH) e a belga Laura Verdonschot (De Ceuster-Bonache) emergiram como os vencedores na 1ª Prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse Credibom.

PUB
Selle SMP

Com a chuva a alterar as condições de corrida, os quase 300 participantes encontraram uma percurso que encaixa perfeitamente no conceito de ciclocrosse, por assim dizer…

Felipe Orts chegou ao Alto Minho como o grande favorito na competição masculina de elite, até porque está no top 10 do ranking mundial de ciclocrosse. O objetivo era “vingar” as duas últimas provas anteriores na Galiza, nas quais foi superado por Jens Dekker.

Determinado a reverter a situação, Felipe Orts ataca muito cedo na corrida, conseguindo isolar-se na fase inicial. Jens Dekker não se deixou abater e demonstrou um desempenho notável e que o aproximou do líder durante a primeira metade da prova. No entanto, o espanhol conseguiu gerir eficazmente a sua energia para manter o seu adversário à distância.

No desfecho da corrida, Felipe Orts cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 26 segundos sobre Jens Dekker. O terceiro lugar foi ocupado por outro ciclista espanhol, Kevin Suárez, da equipa Nesta-MMR CX Team, que terminou a prova a 1 minuto e 21 segundos do vencedor. O melhor ciclista português na competição foi o jovem Rafael Sousa, representando a equipa Guilhabreu MTB, que alcançou a 11.ª posição, terminando a 5 minutos e 10 segundos do vencedor.

PUB
Cube Stereo ONE

Já a corrida feminina de elites replicou de certa forma o que aconteceu no sábado em Ribadumia, na Galiza. As seis primeiras ciclistas desta 1ª Prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse foram exatamente as mesmas, e pela mesma ordem…

Laura Verdonschot demonstrou um domínio absoluto, sem dar qualquer margem à concorrência. A atleta belga isolou-se logo na primeira volta e a partir daí controlou a corrida até à linha de meta, com uma vantagem de 20 segundos sobre a espanhola Lucia González (Nesta-MMR CX Team).

O terceiro lugar ficou para Sofia Rodríguez (Nesta-MMR CX Team), que cruzou a meta a 56 segundos da vencedora. Ana Santos (X-Sauce Factory Team) correu de forma crescente e progressiva, e terminou na sétima posição, com o estatuto de melhor ciclista portuguesa, a uma diferença de 4 minutos e 25 segundos da vencedora.

PUB
Specialized Levo

No escalão de juniores foi Hodei Muñoz (Alimco Campagnolo) quem se destacou-se como o melhor entre os ciclistas masculinos, enquanto Lorena Patiño (XSM) venceu na categoria feminina. Nas competições de cadetes, os portugueses João Vigário (Domarsa/Santa Cruz/Bicicastro) e Inês Fontinhas (Guilhabreu MTB) foram os grandes vencedores em Melgaço.

A próxima etapa decorre a 28 de outubro em Oliveira de Azeméis, e dia 29 de outubro a terceira etapa, em Vouzela. Podes consultar as classificações completas no site da Federação Portuguesa de Ciclismo (link abaixo).

Mais info:


Imagens: Federação Portuguesa de Ciclocross

Também vais gostar destes!