A 7.ª edição do Granfondo Serra da Estrela, o mais montanhoso e exigente dos granfondos portugueses, realiza-se no dia 3 de julho de 2022 com organização da Podium Events, e honra o prestígio e grandiosidade do evento, com um percurso de 144 km (a que acrescem 30 km neutralizados em descida) e desnível acumulado de 4600 metros. Não há comparação em provas do género no nosso país.

PUB
KTM E-Bikes BTT

O Granfondo Serra da Estrela tem um traçado que é conhecido de outras edições, com partida de Seia e chegada ao alto da Torre, a 1993 metros de altitude, o ponto mais alto de Portugal Continental, com ascensão pela vertente de Manteigas.

Apesar de ser esta a vertente menos dura das que levam à Torre, dificuldades de alta montanha não faltam na rota do Granfondo Serra da Estrela. Desde logo, à saída de Seia, a subida de Portela do Arão (2.ª categoria, com 15 km a 3,5% de inclinação média).

Segue-se a primeira longa descida para Vide e a ligação subsequente para Pedras Lavradas (18 km a 3,2%; de 2.ª categoria) e depois para Portela da Selada (8 km a 4,6%, de 2.ª categoria), a caminho de Loriga.

Nesta vila inicia-se, então, o temível Adamastor (de categoria especial, até à Lagoa Comprida, com 12,4 km a 6,7% e passagens a 13-14%), para muitos a mais dura subida da Serra da Estrela. E ainda estaremos ao quilómetro 80!

PUB
Prototype

Segue-se a descida para Sabugeiro (vertente de Seia) e a subida de Santo Estevão (3.ª categoria, de 7 km a 4,6%), que continua, mais suave, até às Penhas Douradas.

Para terminar, a longíssima descida para Manteigas e ascensão final para a Torres (19 km a 6%) de categoria especial. Ao todo, em 144 km, duas subidas de categoria especial, três de 2.ª categoria e uma de 3.ª. Um desafio inigualável, para ciclistas trepadores e apreciadores da alta montanha.

Haverá também Mediofondo, com 67 km (+ 30 km) e 2700 metros de desnível acumulado. Inscrições abertas.

PUB
Beeq

Também vais gostar destes!