Não, a paragem competitiva devido à pandemia não fez mal a Nino Schurter. No regresso às competições no BTT  (XCO), este domingo, o suíço fez aquilo que está mais do que habituado a fazer: ganhou! Mathias Flückiger também demonstrou estar em forma, pois voltou a dar alguma luta e só um furo afastou o número três mundial, Gerhard Kerschbaumer, de estar mais perto da frente.

- - - Pub - - -

Polisport T500

Na PROFFIX Swiss Bike Cup, em Leukerbad, na Suíça, Schurter (na fotografia de arquivo) acabou por ficar sozinho na liderança a duas voltas do fim, terminando com mais de 30 segundos de vantagem. Schurter rapidamente ficou na frente, juntamente com um pequeno grupo. No entanto, como lhe é caraterístico, quando resolveu arrancar, impondo um ritmo mais forte, rapidamente colocou todos em dificuldade e só Flückiger se aproximou do número um mundial. Porém, acabou por não conseguir acompanhar Schurter.

Também entre as senhoras estiveram presentes algumas das melhores do mundo, com a vitória a ficar para Sina Frei. A jovem atleta fez-se valer da subida para ganhar vantagem à concorrência, também a duas voltas do final da corrida. Jolanda Neff não conseguiu manter o ritmo de Frei e cortou a meta 46 segundos depois.

Ainda assim, foi um bom resultado para a atleta que regressou à competição após uma queda grave no final do ano passado. Sofreu um pneumotórax, rutura no baço e fraturou costelas, mas demonstrou que está pronta para lutar por vitórias.

No próximo fim de semana há mais ação com o campeonato suíço, em Gränichen.

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.