Os novos sapatos da Shimano para estrada e montanha não querem que apenas se tenha uma aparência mais profissional, querem que se tenha uma performance premium. A marca atualizou a sua gama de entrada com caraterísticas e tecnologias que se encontra na gama profissional.

- - - Pub - - -

Specialized Recolha em Loja

A Shimano salienta que os RC3 e RC1 (estrada) e os XC3 e XC1 (BTT) destacam-se pelo conforto e pela “ótima transferência de potência para os ciclistas que se iniciam no ciclismo”. Não querendo que aqueles que pedalam como ciclistas (e que não andam apenas de bicicleta) tenham então apenas a aperência de um profissional, os sapatos de estrada, para começar, partilham similaridades e caraterísticas com os famosos Shimano S-Phyre, a escolha de muito atletas que competem ao mais alto nível, inclusivamente no World Tour.

No caso do RC3, visualmente essa parecença é notória. Mas não se fica pela look. A Shimano explica que este modelo tem “fecho micro-ajustável BOA L6 dial na aba central que permite ao ciclista ajustar facilmente mesmo durante uma subida”. A sola em nylon está “reforçada com fibra de vidro para máximo conforto”. O sapato tem ainda a “sola intermédia de baixo perfil para uma estabilidade extra e melhor controlo quando a velocidade aumenta”.

A marca realça como todas estas caraterísticas foram transferidas dos modelos premium. “Isto significa que este RC3 pode ser na verdade um forte candidato em termos de transferência de potência e conforto em utilização de longa distância”, afirma a Shimano.

Com um preço recomendado de 99 euros, o RC3 pesa 243 gramas, a rigidez é de 6/12, os tamanhos disponíveis vão do 40 ao 46, enquanto as opções de cor são preto e vermelho.

O RC1 olha mais para o conforto. Tem três correias de velcro, “parte superior respirável que mantém o pé fixo sem exercer muita pressão” e uma “sola exterior idêntica ao RC3, que permite uma transferência otimizada de potência e conforto ao caminhar”.

 

Custa 79 euros, pesa 238 gramas, está disponível em preto e também do 40 ao 46, em tamanho.

Sapatos off-road

Saindo da estrada e passando para o BTT, a Shimano assegura que os modelos de montanha também têm tecnologia da gama premium S-Phyre e “designs atraentes semelhantes à gama alta e a capacidade de garantir uma performance soberba”.

O XC3 tem o Micro-Ajuste Boa L6 dial para assim se poder ajustar o sapato em qualquer momento. A tecnologia Dynalast “permite reduzir a fadiga em longas distâncias”, explica a marca. E acrescenta: “A sola intermédia de baixo perfil estabiliza o pé e melhora a transferência de potência com o pedal, protecção na biqueira e calcanhar , taco rígido que permite ao XC3 desvencilhar de lama, terras ou outro qualquer detrito que se depare no seu caminho.”

LÊ TAMBÉM:  Novos sapatos Specialized 2FO Roost para trail

Com rigidez 5/12, peso de 332 gramas, com tamanhos entre 40 e 46 e cor preta, o XC3 tem como preço recomendado 99 euros.

O modelo XC1 partilha com XC1 a “facilidade de utilização diária, sendo o conforto a sua principal mais valia”. Os sapatos vêm com três correias de velcro, permitindo “reduzir a tensão sem deixar de equilibrar perfeitamente a força de ajuste na parte superior do sapato. A “gáspea em compósito de pele sintética perfurada permite um ajuste soberbo e respirabilidade”, refere a Shimano.

Outra caraterística é a “leve sola nylon reforçada com fibra de vidro, com sola exterior em borracha para um encaixe mais estável com o pedal e melhor aderência”. O preço recomendado deste modelo é de 79 euros.

A Shimano considera que a escolha de um sapato de gama de entrada é “um passo importante na determinação e desbloqueio da performance de um potencial ciclista”. Por isso, apresenta estes quatro modelos, que estarão disponíveis para venda em Portugal em meados de setembro.

Mais informações:

- - - Pub - - -

Ciclocomputadores Garmin

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.