A etapa 3 do Tour Down Under ficou marcada por várias quedas, uma das mais graves envolvendo o francês Rudy Molard, da Groupama-FDJ, que teve de ser hospitalizado devido a diversos ferimentos e lesões.

PUB
KTM

O ciclista, de 34 anos, após exames clínicos, sofreu um traumatismo craniano com ferimentos múltiplos e extensos, mas não foi detetada qualquer fratura, informou o médico da equipa francesa, Jacky Maillot, adiantando que o corredor ficará “pelo menos 24 horas em observação” na unidade hospitalar.

Aos fãs, Molard fez uma rápida atualização através da sua conta oficial do Instagram. “Podia ter sido pior!”, diz um Molard visivelmente maltratado, magoado e ensanguentado, mas ainda otimista, na sua publicação nas redes sociais. “Está tudo bem, só preciso de tempo”.

PUB
Specialized Levo

“Rudy era o nosso homem para a classificação geral e teremos de nos reorganizar”, declarou o diretor desportivo da Groupama-FDJ, Jussi Veikkanen, ao site da equipa, após a etapa.


Imagens Rudy/Mollard Instagram e Groupama-FDJ Twitter

Também vais gostar destes!