A saída de Richard Carapaz da Ineos Grenadiers é cada vez mais provável. Depois de três anos na formação britânica dirigida por Dave Brailsford, o equatoriano pretende a mudar de ares e transferir-se para uma equipa em que seria o único líder nas grandes voltas, o que não é o caso atualmente na Ineos, onde coabita com corredores como Egan Bernal, Adam Yates ou Daniel Martinez.

PUB
Expander Cross

E de acordo com a VeloNews, o recente segundo classificado no Giro de Itália já escolheu a sua base a partir da próxima temporada, a norte-americana EF Education-EasyPost, equipa com que Carapaz, segundo alguns media, já tem pré-acordo.

Embora disponha de alguns bons corredores em provas por etapas, com destaque para Rigoberto Uran, Hugh Carthy ou Esteban Chaves, a equipa em que alinha o português Rúben Guerreiro não conta, atualmente, com um líder capaz de vencer uma grande volta. Richard Carapaz pode possibilitar-lhe essa ambição, uma vez que o corredor de 29 anos tem provas dadas – além do recente segundo lugar no Giro, já venceu a corrida italiana em 2019 (ao serviço da Movistar) e em 2021 foi terceiro classificado no Tour de França, atrás de Jonas Vingegaard (2.º) e Tadej Pogacar (1.º).

De resto, também tem sido aventada a hipótese de regresso de Richard Carapaz à Movistar, equipa que representou entre 2017 e 2019, mas que, a confirmar-se o acordo agora avançado com a EF Education, ficará desde logo sem efeito.

PUB
Specialized Enduro LTD

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

    Também vais gostar destes!

    Mais em Em destaque