Recuperamos agora a nossa rubrica que apresenta projetos de restauro de bikes antigas, com a qualidade e a mestria a que o nosso amigo Daniel Isidoro já nos habituou. Desta vez mostramos-te a transformação de uma Colnago México Oro com instalação de um conjunto Campagnolo Record de 1977!

PUB
Orbea

Lançada em 1972 para celebrar o record da hora de Eddy Merckx, os modelos México eram uma espécie de versão avançada do anterior modelo Colnago Super. Os quadros eram em si bastante idênticos, partilhando a mesma forqueta curva e uniões, primavam no entanto pelo grande avanço tecnológico na tubagem bastante mais fina e leve, a cargo da marca Columbus no modelo topo de gama SL.

O fundador Angelo Luigi Colombo introduzia assim a mesma fórmula proveniente do sector automóvel que já lhe tinha trazido reconhecimento no panorama competitivo internacional, apesar de já estar no mercado das bicicletas com os seus tubos desde os anos 40. E o desenvolvimento conjunto com Ernesto Colnago marcava uma nova era de arranque graças ao nascimento da Colnago México.

O sucesso no mundo velocipédico seria tão grande a partir de então que quando o descendente António Colombo assumiu a presidência da empresa, em 1977, deu imediata prioridade ao estudo e fabrico de novas ligas de tubos apenas para bicicletas.

A Colnago México teria assim duas versões para tubos diferentes de 1972 a 1982, fruto do avanço tecnológico da marca Columbus. Em 1982, nascia a Colnago Nuovo México.

Restauro de bikes antigas: Colnago México

Neste caso específico, a bicicleta cujo restauro apresentamos é um modelo México de segunda versão, o que é claramente percetível pela passagem do cabo de travão na parte de cima do tubo horizontal.

Um aspeto que conseguimos perceber imediatamente é a “raça” competitiva vincada pela geometria do quadro, pois Ernesto Colnago, pelo trabalho intenso que mantinha há já alguns anos como mecânico de Eddy Merckx, catapultou-se em termos de conhecimentos avançados em testes de engenharia, túneis de vento e ductilidades de materiais.

PUB
Orbea

O sucesso do quadro México não se prendia sequer pelo seu peso, pois, apesar do esforço da marca Columbus nos tubos, a construção das forquetas era deficiente, por isso muito pesadas. Já a geometria agradava desde o comum ciclista amador ao ciclista campeão do Mundo.

Por tudo isto, este restauro ou reconstrução torna-se uma responsabilidade histórica: é preciso estudar bem para podermos desenvolver passo a passo o sucesso de fazer voltar a Colnago México Oro à estrada.

Nesse sentido, o grupo Campagnolo Record instalado foi concebido especificamente para este modelo. As gravações com a assinatura de Ernesto Colnago e o trevo presente nos diversos componentes transportam-nos para uma elegância única de quem nada quer deixar ao acaso.

A freewheel Campagnolo Record de seis velocidades com banho de titânio apresenta um peso ainda hoje revolucionário, os aros na versão tubular produzidos pela japonesa Araya são extremamente leves e resistentes… No fundo, a versão Oro da Colnago México foi um modelo de competição dirigido apenas a bolsas de elite, já que a sua pintura complexa desenquadrava-se da necessidade de uma equipa de competição normal.

Em termos gerais, é definitivamente um marco histórico a introdução do modelo México no mercado velocipédico de competição. No entanto, os tubos Columbus SL, apesar de serem adotados por diversas marcas, obtinham também diversos comportamentos distintos de marca para marca.

Ou seja, comprar o quadro não era apenas comprar os tubos e as uniões, a determinada altura tornou-se mesmo comprar um pouco do conhecimento de quem o projetava normalmente sobre medida.

Mais info e outros projetos de restauro de Daniel Isidoro:

Outros projetos de restauro de bikes antigas em GoRide.pt:

PUB
Cofidis

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Daniel Isidoro
O especialista em restauro de bikes antigas que nos apresenta projetos de recuperação incríveis. Um "barra" no assunto!

Também vais gostar destes!