Quatro equipas portuguesas participam entre esta quinta-feira e domingo na 3.ª edição de O Gran Camiño – O Grande Caminho, corrida de quatro etapas na Galiza, competindo entre seis formações WorldTeam, o escalão principal do ciclismo.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

As Continentais lusas, Efapel, Sabgal, Tavfer e Tavira, da terceira divisão mundial, enfrentarão alguns dos melhores corredores do pelotão internacional, incluindo o vencedor duas últimas edições da Volta a França, Jonas Vingegaard.

O dinamarquês da Visma-Lease a Bike estará a fazer a estreia na temporada na corrida espanhola, repetindo 2023, ano em que venceu a competição e iniciou o trajeto que o levou ao Tour.

Na prova galega com quase 500 quilómetros de um percurso montanhoso e sob ameaça de condições climatéricas adversas, estará também Ruben Guerreiro, português que na edição do ano transato, em ano de estreia na equipa Movistar, foi terceiro classificado, a 2.31 minutos do vencedor Vingegaard.

PUB
Riese & Müller Multitinker

Guerreiro tem nove dias de competição esta temporada, em que os resultados mais destacáveis são o 12.º lugar no Tour Down Under, na Austrália, e o 9.º na Figueira Champions Classics. Na última semana, Ruben esteve na minimalista Volta à Andaluzia, reduzida a um contrarrelógio de 5 quilómetros (foi 38.º), devido a problemas de policiamento relacionados com os protestos dos agricultores.

PUB
Beeq

Será um contrarrelógio individual, na Corunha, na extensão de 14,8 km, que fará o arranque d’O Gran Camiño e marcará desde logo as primeiras diferenças entre os candidatos à vitória final.

PUB
TrekFest 2024

Entre estes, que terão em duas etapas com perfil do relevo irregular e chegada em altitude (a segunda e a quarta) mais oportunidades de chegar à camisola amarela, contam-se, além de   Vingegaard e Guerreiro, Egan Bernal e Carlos Rodriguez (Ineos), Richard Carapaz (EF Education) e David Gaudu e Lenny Martinez (Groupama).

Na vasta legião portuguesa, Tiago Antunes, Abner Gonzalez e Joaquim Silva (Efapel), Frederico Figueiredo e Rafael Reis (Sabgal), Bruno Silva (Tavfer) e Délio Fernandez (Tavira), são alguns dos corredores das equipas portuguesas à procura de protagonismo no Grande Caminho.


Créditos da imagem: Facebook Volta ao Algarve – https://www.facebook.com/photo.php?fbid=798334928991714&set=pb.100064456435993.-2207520000&type=3&locale=pt_PT

Também vais gostar destes!