Este é o resumo final desafiante projeto ATV – Link Twinning Cities, em que os torreenses Pedro Narciso, Paulo Serra e Nelson Silva ligaram de bicicleta as cidades “gémeas” de Wellington, no Reino Unido, Villenave d’Ornon, em França, Torres Vedras e Lagos, no Algarve.

PUB
Prototype

Uma “missão” que está cumprida e que foi um total sucesso (e com muita diversão!) – no total, foram 2.450 kms e 16 dias consecutivos em autonomia total! Mais: a causa solidária que é a base do projeto também chegou “a bom porto”, o que é muito importante.

O objetivo era o de angariar verbas para a aquisição de três bicicletas-triciclo para os utentes da APECI – Associação para a Educação de Crianças Inadaptadas de Torres Vedras e através da campanha solidária Stronger By Bike. Foi angariado o valor necessário para alcançar este objetivo e todos os envolvidos no projeto ATV – Link Twinning Cities agradecem as muitas contribuições recebidas!

A chegada a Lagos!

“Imaginámos este dia ao longo de dois anos”, disseram em conjunto Pedro Narciso, Paulo Serra e Nelson Silva ao terminarem este grande desafio. A última etapa do percurso levou-os até Lagos, conforme traçava o plano, num ritmo tranquilo e na companhia de amigos (com almoço pelo meio, em Odeceixe).

A chegada àquela cidade algarvia ficou marcada pela receção na Câmara Municipal de Lagos. “Um misto de sensações e sentimentos que se soltaram após 17 dias e 2.450 kms”. A chegada deu-se antes da hora prevista e este trio de aventureiros foi recebido pelo Presidente da Câmara, completando assim as quatro assinaturas dos municípios geminados com Torres Vedras.

PUB
Specialized Levo

Deixamos aqui também um resumo das etapas do percurso desde Penamacor, que foi o ponto de regresso a território português:

Dia 13

O 13º dia foi sinónimo de descanso e… de reforços! Nuno Neves e Nuno Margaça, do GoRide.pt, eram assim “oficializados” como as “novas contratações” para as duas etapas que os levavam até Torres Vedras!

PUB
Giant TCR 2024

Dia 14

A bom ritmo (29 km/hora de média) e com dois amigos a ajudar este trio de atletas solidários, eis que se compunha uma excelente etapa que ligava Penamacor a Ponte de Sor, perfazendo um total de 150 km e 1.200d+.

Após a saída de Penamacor, eis que houve uma paragem em Castelo Branco para repor o nível de cafeína. Houve também espaço para um banho em Vila Velha de Ródão, que viria a ser determinante para manter o ritmo. O almoço acabou por ser em Nisa e o lanche em Ponte de Sor.

Dia 15

O 15º dia era, de certa forma, especial, visto que os três ciclistas de Torres Vedras iam pedalar para chegar à sua terra natal… para serem recebidos no Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho.

PUB
Cube Stereo ONE

Almoçaram na Praia Fluvial de Valada e prepararam-se para um dos momentos que marcaram esta aventura: a adição de Marco Chagas ao grupo. O quatro vezes vencedor da Volta a Portugal juntou-se ao grupo perto da Azambuja, sendo que acabou por fazer muitos kms em demonstração do seu apoio ao projeto.

Dia 16

Lagos estava cada vez mais perto, mas para isso antes ainda vinha Sines e, anteriormente, o choco de Setúbal! A partida deu-se em Torres Vedras e com a companhia de vários outros amigos, a motivação cresceu.

Tomaram o ferry para Tróia, antes disso almoçaram chocos em Setúbal, e em Melides juntou-se ao grupo Alexandre Elias e o Francisco Macieira. A etapa foi bem-sucedida e faltavam apenas 150 kms para a missão ser cumprida.

Neste evento de Facebook é possível reler e rever tudo o que se foi passando ao longo desta aventura!

Mais info:

Link direto para fazer donativo:


Imagens: ATV / Munícipo de Lagos Facebook

Também vais gostar destes!