A Pirelli prepara o lançamento do P Zero Race Tub SL no próximo Giro de Itália, pouco antes do início da comercialização. No topo de gama, o fabricante reforça a aposta no tubular, produto de nicho destinado quase exclusivamente à competição.

PUB
KTM

A Pirelli justifica a decisão no facto “de a maioria das equipas do pelotão internacional continuar a usar tubulares”, apesar do sinal contrário da Deceuninck-QuickStep, no último Tour de Flandres.

O novo P Zero Race Tub SL é um projeto com dois anos de desenvolvimento, em conjunto com a equipa Mitchelton-SCOTT (atual BikeExchange), em que os engenheiros da Pirelli levaram em consideração as solicitações e sugestões dos corredores profissionais, em que a preferência assumida foi a redução de peso.

O novo P Zero Race Tub SL é mais de 10% mais leve do que o já ligeiro P Zero Velo Tub, que corresponde à supressão de pouco menos de 100 gramas. Todavia, o esforço da Pirelli por um tubular mais leve não implicou qualquer penalização do desempenho do pneu, que, segundo o fabricante italiano, mantém “rolamento de primeira classe, alta aderência mesmo em piso molhado e grande resistência a furos”.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

No coração do P Zero Race Tub SL está uma câmara interna especial em material leve e totalmente à prova de água, especificamente otimizado para uso dentro da câmara artesanal. Em vez do látex tradicional, usado em quase todos os tubulares de competição, a Pirelli usou TPU, ou poliuretano termoplástico, material de ponta que é usado pela primeira vez numa câmara interna para tubulares.

Todas as equipas do WorldTour de que a Pirelli é parceira tiveram a oportunidade de escolher esta versão tubular. Simon Yates e Esteban Chaves da Team BikeExchange ou Vincenzo Nibali  da Trek-Segafredo são alguns dos corredores que o elegeram.

O novo tubular Pirelli P Zero Race Tub SL, estará em breve disponível ao público por um preço de 119,90 euros.

PUB
Orbea Genius Dealers

Também vais gostar destes!