Tom Pidcock (Ineos Grenadiers) está fora da Volta à Suíça depois de sofrer uma fratura de clavícula num acidente durante um treino nos Pirenéus franceses, na última segunda-feira.

PUB
KTM

O britânico, que treinava na bicicleta de contrarrelógio, foi operado em Girona, na Espanha, mas não vai correr a prova helvética, que se inicia no próximo domingo.

“O Tom [Pidcock] está bem e já está a pensar no futuro e focado na sua reabilitação, embora isso signifique que não estará na Volta à Suíça, como planeado. Ele vai voltar a treinar o mais rápido possível em preparação para o resto da temporada”, disse o técnico do Ineos, Kurt Bogaerts.

Uma foto da bicicleta de Pidcock partida literalmente aos bocados devido ao acidente foi postada nas redes sociais.

Richard Carapaz liderará a Ineos Grenadiers na Volta à Suíça, mas ainda não foi anunciado quem substitui Pidcock na equipa.

Pidcock teve um início excecional no WorldTour com a Ineos Grenadiers, tendo terminado em terceiro na Kurrne-Bruxelas-Kurrne no final de fevereiro e no quinto lugar na Strade Bianche e em 15.º na Milan-San Remo. O neo-profissional de 21 anos venceu o De Brabantse Pijl, mas perdeu a Amstel Gold Race num sprint apertado com Wout Van Aert (Jumbo-Visma). O britânico deverá fazer a sua estreia numa grande volta na Vuelta a Espanha este ano.

PUB
Selle SMP

Nos últimos meses, Pidcock dedicou-se ao mountain bike com o objetivo de se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio, tendo vencido a segunda prova da Copa do Mundo de XCO, em Nove Mesto.

Também vais gostar destes!