Peter Sagan afirma que tem uma nova motivação para a próxima temporada, insistindo que “ainda é jovem” e que ainda tem algo a provar. O eslovaco fará 32 anos em janeiro e tem esta temporada nova equipa, a TotalEnergies, após cinco temporadas na Bora-Hansgrohe.

PUB
Riese & Müller Multitinker

“Ainda quero mostrar algumas coisas”, disse Sagan ao Cyclingnews, no Dubai. “Sou bom a pedalar e ainda tenho tempo. Quando decidir que quero parar, paro e nunca mais volto. Mas continuo a querer continuar. Ainda sou jovem, certo?”, afirmou.

Na última temporada, o ex-tricampeão mundial de fundo de estrada venceu cinco corridas, incluindo uma etapa do Giro de Itália, onde também conquistou a camisola dos pontos, apesar de um início de ano com a preparação prejudicada por infeção de Covid-19 e uma lesão num joelho. A TotalEnergies, por sua vez, teve apenas seis vitórias, e nenhuma no WorldTour.

“A TotalEnergies tem muitos corredores fortes e experientes. É uma equipa Pro Continental há mais de 30 anos. “Fiquei muito surpreso com a forma como estão organizados e como estão a trabalhar, como é a base da equipe”, revelou Sagan, que deverá começará a temporada na Argentina, na Volta a San Juan, embora sem confirmar.

Sobre outras metas para 2022: “Quero preparar-me bem para as clássicas e, estando numa nova equipa francesa, o Tour de França vai ser uma prioridade. Veremos se os Campeonatos Mundiais também”, conclui o eslovaco.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Também vais gostar destes!