A grande novidade do momento nas transmissões para BTT: é já este verão que chega o conjunto Shimano Deore de 12x, a série M6100, que a marca garante trazer a esta gama mais acessível “o mesmo DNA dos grupos de montanha XTR, Deore XT e SLX”.

Mais do que isso, existe compatibilidade total com todos os restantes conjuntos referidos, o que permite combinar livremente diferentes produtos e escolher o tipo de montagem de acordo com as necessidades e estilos de cada BTTista.

Conjunto Shimano Deore de 12x: todos os componentes!

Assim, a série Deore M6100 é naturalmente composta por pedaleiras 30, 32 e 34d, cassete, corrente, manípulos, travões e desviador traseiro, na totalidade.

Este pedaleiro Deore 1x12V (FC-M6100) apresenta-se com um acabamento metálico lustroso e integra a tecnologia Dynamic Chain Engagement+ que também encontramos nos grupos mais acima nas gamas (XTR, XT e SLX). A Shimano promete “mais suavidade, menos ruído e uma excelente retenção da corrente”.

O cranque está equipado com um sistema de montagem direto, simplificando a substituição das rodas pedaleiras, algo que é cada vez mais comum nos tempos que correm. Estão disponíveis as opções de 170 e 175 mm no comprimento dos cranques.

Cassete e corrente

Neste conjunto Shimano Deore de 12x, a cassete de 12v (CS-M6100) é fabricada com 12 carretos de aço num rácio de 10-51D. Com comutação Hyperglide+, estão garantidas passagens mais suaves em carga tanto para mudanças altas como baixas.

Em complemento, a   apresenta uma transmissão suave e com uma elevada retenção, isto porque o design dos elos interiores combina na perfeição com o perfil dos dentes das rodas pedaleiras do mesmo conjunto, pelo que afirma a Shimano.

Quando às mudanças de trás, é o desviador Deore RD-M6100-SGS que entre em ação, compatível com a cassete 10-51D. As roldanas com 13D e tecnologia Shadow RD+ estão lá na tentativa de reduzir ressaltos da corrente.

Mais controlo?

Depois, é o manipulo direito de 12v Shimano Deore SL-M6100-IR, beneficiando da mesma tecnologia utilizada nos grupos XTR, Deore XT e SLX, o sistema I-SPEC EV, permite deslocação lateral de 14 mm e 10º de movimento rotacional.

Também no campo do controlo, o conjunto Shimano Deore de 12x não ficaria completo sem o respetivo set de travões. Na série M6100, estão disponíveis numa versão para XC com uma pinça de dois pistões ou com quatro pistões uma variante para trail e enduro, ambos com uma manete de travão redesenhada (BL-M6100).

As manetes de travão estão equipadas com a tecnologia Servo Wave e ambas as pinças podem ser utilizadas com pastilhas de resina ou metal, em combinação com os discos SM-RT64 ou SM-RT54.

Para completar o cockpit será disponibilizado como opção um manípulo de espigão de selim, o SL-MT500, que a Shimano garante permitir ajustar com rapidez o espigão de selim sem comprometer a posição da mão no punho.

Conjuntos de 11v e 10v

Além do conjunto de 12v, estas novidades Shimano Deore incluem também versões de 11v e 10v com as mesmas tecnologias anunciadas para o conjunto de 12v. Estamos a falar das séries M5100 e M4100, ambas com a opção de um sistema de transmissão duplo (2×11 or 2×10).

Mas é certo que existirá uma opção para simples (1×11 or 1×10). Ausentes estarão algumas das avançadas tecnologias de comutação das 12V, no entanto os ciclistas podem escolher os cranques de 11v com a opção de uma cassete de 11-51D e pedaleiros simples com 30d ou 32d (1×11). Ou optar por pedaleiros duplos (2×11) na medida standard (FC-M5100-2) ou na medida ‘boost’ (FC-M5100-B2). Isto com rodas pedaleiras 36-26d e cassetes de aço de 11-42d HG (CS-M5100).

Os ciclistas com 10v podem ainda complementar o pedaleiro simples (1×10) e rodas pedaleiras (30d ou 32d) com uma cassete HG 11-46d, ou o duplo 2×10 (36-26d) com a cassete HG 11-42d ( CS-M4100).

Transmissão completa

As mudanças traseiras são específicas de acordo com a escolha de transmissão, com a versão RD-M5100-SGS a trabalhar com linhas de corrente 1×11, com baixo perfil de modo a ficar mais protegida de  impactos de pedras, e com estabilizador de corrente para evitar ressalto ou saída indesejada. Está desenhada para acomodar o carreto 51d na cassete de 11v.

Já a RD-M5120-SGS foi desenvolvida com a mesma tecnologia Shadow RD+ de baixo perfil e estabilizador de corrente para carretos de 42d (2×11/10) ou 46d (1×10). Existirá uma versão mais económica, a RD-M4120-SGS, disponível para 2×11 ou 2×10 sem estabilizador de corrente.

Por seu turno, as mudanças da frente (FD-M5100/M4100) estão prontas para uma ação mais leve e suave de comutação com distância ao pneu otimizada para aros mais largos e pneus de até 2.30. Ambas as opções têm múltiplas opções de montagem ao quadro (tipos D, E ou M).

Quanto aos travões, nas versões de 10v e 11v existe apenas uma manete de travão para funcionar com as duas versões de pinça (dois ou quatro pistões). A manete BL-M4100 é compatível com ambos os designs. A manete tem um ponto de contacto adicional na haste de guiador para aumentar a rigidez, abraçadeira de abertura rápida e ajuste free stroke.

As pinças BR-MT420 de quatro pistões estão preparadas para funcionar com pastilhas de resina ou metal, quanto as BR-MT410 de dois pistões apenas são compatíveis com pastilhas de resina.

Mas há mais dados técnicos de todos os componentes que integram o novo conjunto Shimano Deore de 12x (e os restantes). Basta espreitares o site oficial MTB Shimano ou o da empresa que distribui oficialmente a marca em Portugal, a Sociedade Comercial do Vouga.

[su_button url=”https://mtb.shimano.com/pt/” target=”blank” style=”stroked” background=”#ef2d42″ radius=”20″ icon=”icon: mouse-pointer”]MTB Shimano[/su_button]

[su_button url=”http://www.scvouga.pt/pt/” target=”blank” style=”stroked” background=”#ef2d42″ radius=”20″ icon=”icon: globe-w”]Sociedade Comercial do Vouga[/su_button]