Fazer cada volta, treino ou prova contar. É assim que a marca resume o propósito dos novos ciclocomputadores Garmin Edge 1030 Plus e 130 Plus. São as grandes novidades da Garmin neste segmento.

- - - Pub - - -

Specialized Recolha em Loja

“Criado por ciclistas para ciclistas, os Garmin Edge 130 Plus e Edge 1030 Plus vão além da navegação GPS e da monitorização do desempenho desportivo, são também capazes de servir de instrutores de treino.

E trazem um grande “trunfo”: os ecrãs de 1,8 e 3,5 polegadas do Edge 130 Plus e do Edge 1030 Plus, respetivamente, sendo que o primeiro apresenta um formato com botões e o segundo baseia-a o manuseamento na interface tátil do ecrã (mesmo com luvas).

A plataforma Garmin Connect, que já conhecemos de muitos outros equipamentos Garmin, é outra das mais valias, permitindo registar todas as atividades dentro e fora de portas. Outras apps compõem o lote de funcionalidades do género, com facilidades como a partilha da localização por GPS com o LiveTrack, o planeamento da volta com o Course Creator, a indicação do acumulado que falta percorrer com o ClimbPro e a indicação do VO2 máximo e do batimento cardíaco em tempo real.

Mas ambos os modelos apresentam características distintas, vejamos mais em pormenor.

Garmin Edge 1030 Plus

Com ecrã tátil a cores de 3,5 polegadas, este modelo faz sugestões de treinos diários com base na nossa carga de treino atual e VO2 máximo.

Na parte da navegação, o que não falta são funcionalidades, desde o recálculo do percurso em caso de engano até às indicações de mudança de direção em função dos mapas da Europa pré-carregados.

A conectividade Bluetooth e ANT+ asseguram o emparelhamento com o smartphone para saber tudo o que se passa através de um sistema de notificações e a ligação a sistemas de treino indoor, por exemplo.

Com 58 x 114 x 19 m, 124 gramas, o Edge 1030 Plus apresenta certificação IPX7 e autonomia de até 24 horas, de acordo com o que indica a Garmin. Custa 599 euros.

Garmin Edge 130 Plus

Tanto um como outro dispositivo contam com o apoio dos sistemas de satélite GPS, GLONASS e Galileo para basear a ação de navegação, como já referimos, mas este Edge 130 Plus é um pouco mais barato: 199 euros.

Pelo valor, é bom perceber que estão neste modelo várias funcionalidades que encontramos no topo de gama. Exemplos: sistema ClimbPro, deteção de acidentes e a monitorização de desempenho que seria de esperar.

Uma das principais diferenças, contudo, está no ecrã, que aqui é a preto e branco, com 1,8 polegadas, e sem interface tátil (o manuseamento baseia-se em botões).

Também conta com certificação IPX7, mas a autonomia é de até 12 horas, pelo que diz a marca. O mais incrível é o peso: apenas 33 gramas!

Com 63 x 41 x 16 mm, o Edge 130 Plus conta ainda com ligações ANT+ e Bluetooth para o sistema de notificações emparelhado com o smartphone (tanto Android como iOS).

Mais informações:

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.