“A derradeira bicicleta de estrada”, diz a BH, que “une dois caminhos”. A nova BH Aerolight é um dos primeiros modelos para 2022 a serem apresentados e assenta assim nas ideias de aerodinâmica e leveza, pelo que explica a marca. Mas será possível ter tudo?

PUB
Selle SMP

A resposta da BH diz que sim. A aerodinâmica tem sido um dos pilares dos lançamentos da marca nos últimos anos, com base em muita experiência acumulada e centenas de horas de simulações e protótipos.

Agora, a juntar à mencionada leveza (vamos querer testar tudo aqui no GoRide.pt!), é apresentada a nova BH Aerolight, que é o auge deste percurso de desenvolvimento, com as linhas do quadro e dos tubos a adotarem as formas Kamm Tail já utilizadas anteriormente e que foram agora aplicadas a todos os pontos possíveis da bicicleta.

Trata-se de dotar cada tubo de uma secção com forma de gota cortada na extremidade, sendo que a BH garante ser melhor solução para obter a máxima eficácia em termos de aerodinâmica.

PUB
KTM

Mas vejamos os 5 pontos mais fortes da nova BH Aerolight:

1. A aerodinâmica do Air Bow

A forma inovadora da forqueta desta BH Aerolight é parte integrante do conceito Air Bow, que se aplica também aos tirantes traseiros. Os espaços internos entre a roda e a forqueta foram aumentados ao máximo com o objetivo de permitir a circulação do ar entre ambas as partes. Graças a esse espaço adicional, a pressão contra o ar é reduzida, criando menos turbulência.

Assim, a nova BH Aerolight diminuiu em 15,9% o drag (a força exercida sobre a bicicleta à medida que avança através do ar), o que se traduz numa poupança de 5 W a velocidades mais elevadas.

A BH garante ainda que o design Air Bow curvo ajuda a dissipar as vibrações provocadas pelo asfalto, “oferecendo um maior controlo e conforto de condução, sem afetar o rendimento”.

2. 950 gramas de leveza

O objetivo desta criação passava por conseguir um quadro aero de linhas aerodinâmicas, mantendo um peso reduzido e um alto nível de rigidez. Para tal, a laminação de carbono foi otimizada ao máximo, estudando as espessuras de cada ponto para atingir a melhor relação possível entre peso e rigidez.

PUB
Novidades Trek 2024

Pelas palavras da marca, a técnica de construção HCIM (Hollow Core Internal Molding) permite obter um quadro sem imperfeições no interior e com a melhor compactação possível. O resultado é um quadro de linhas aerodinâmicas de 950 gramas.

3. Integração do cockpit

O novo conjunto de direção e guiador encontra-se integrado totalmente, formando um bloco de linhas contínuas com o tubo de direção que, juntamente com a cablagem totalmente interna, contribui para a aerodinâmica e para a estética da bicicleta.

Esta linha de integração também se reflete no espigão do selim e no respetivo fecho integrado, bem como no fecho das rodas através da alavanca totalmente oculta e que não requer a utilização de ferramentas.

4. Acessórios para complementar

O universo Aerolight surge complementado com uma gama de acessórios pensada para condizerem com as formas do quadro. Há um sistema de hidratação composto por uma garrafa e um porta-garrafas específico, que beneficia o fluxo de ar da bicicleta, e é complementado pela caixa de ferramentas Aerolight Toolbox.

Surge também uma luz de posição traseira integrada no espigão do selim.

5. Programa BH Unique

A nova BH Aerolight está presente no programa de personalização da BH, que tem como objetivo permitir ao comprador “criar uma bicicleta única”. É referido que estão disponíveis até 32 000 combinações de cores, para expressar os gostos e a personalidade de cada um, sendo que no caso desta BH Aerolight o BH Unique traz uma seleção de cinco cores de série diferentes.

PUB
Selle SMP

Todas as fotos:

A nova Aerolight está disponível a partir de 5.299 euros e em quatro modelos diferentes, cada um com a sua montagem:

Site BH:

Também vais gostar destes!