Após muitos anos de pesquisa e desenvolvimento por parte da Yamaha, em 1993 foi revelada a primeira bicicleta elétrica do mundo, que apresentava um inovador sistema de assistência elétrica chamado PAS, nome pelo qual também ficou conhecida esta bicicleta, apesar de oficialmente ser denominada de PA26. Agora, a marca celebra este marco histórico com algo “especial”: a e-bike Yamaha Moro 07.

PUB
Giant TCR 2024

Esta e-bike revolucionária era composta por um motor elétrico e uma bateria, tinha comandos de potência e sensores de velocidade e foi idealizada para o mercado japonês. “A Yamaha PA26 original foi o início de uma nova era no transporte motorizado com zero emissões, que desencadeou todo o movimento das e-bikes”, podemos ler no comunicado de imprensa do fabricante.

imagem-ebike-yamaha-moro

Infelizmente, esta e-bike da Yamaha nunca chegou ao mercado europeu, pelo menos de forma oficial. Por meados de 2013, começámos a ver alguns motores do fabricante nipónico em opções de outras marcas de bicicletas.

No ano passado estivemos presentes na apresentação oficial em Girona destas novas e-bikes da Yamaha: a Moro 07 (BTT), a Wabash RT (Gravel) e a CrossCore RC (Urbana).

Mas, regressando ao tema do artigo, é importante mencionar que a Yamaha lançou uma versão muito especial da Moro 07: esta e-BTT é uma bicicleta que estamos atualmente a testar (não nesta versão exclusiva) e que até agora nos impressionou com a qualidade e robustez de construção.

imagem-ebike-yamaha-moro

PUB
Riese & Müller Multitinker

A exclusividade da nova Moro 07 reside na cor utilizada: a Factory Silver, uma cor especial para celebrar o 30º aniversário da primeira e-bike do mundo. Esta cor evoca o estilo dos modelos de motocross YZ da Yamaha que têm conquistado títulos mundiais há mais de meio século.

Assim como os pilotos de motocrosse, os utilizadores de BTT estão constantemente a testar limites em terrenos difíceis. (Yamaha)

A cor Factory Silver foi “salpicada” com toques de azul que pretendem estabelecer uma certa relação tecnológica entre as motos de motocrosse YZ e esta e-BTT. Também foram adicionados gráficos exclusivos que destacam o 30º aniversário da PAS.

Destacamos desde já o quadro, a verdadeira alma desta bicicleta, concebido em alumínio e com uma estrutura de tubos (Dual Twin) que dá origem a uma estrutura verdadeiramente distinto pela sua forma compacta. Gostamos também da forma que os engenheiros da Yamaha “arrumaram” a bateria e o amortecedor traseiro.

PUB
KTM E-Bikes BTT

O motor, por outro lado, mantém-se o mesmo, o PW-X3 que todas as Moro 07 partilham, com uma potência de 85 Nm e um sistema de gestão avançado à base de cinco modos de assistência (um deles automático).

imagem-ebike-yamaha-moro

O equipamento é exatamente igual ao da Moro 07 “normal”, com suspensões assinadas pela RockShox (suspensão Lyrik Select Charger de 160 mm e amortecedor Super Deluxe Select+ de 150 mm), transmissão Shimano XT 12x e travões Magura MT5.

Esta e-bike deverá ficar disponível agora no final do ano, por um preço que se deve situar entre os 4.000 e 5.000 euros.

Mais info:


Imagens: Yamaha

Também vais gostar destes!