Clássica tradicionalmente reservada aos velocistas, a edição de 2024 da Scheldeprijs não foi exceção. Favorito ao terceiro sucesso em quatro anos, Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck) nada pôde fazer contra o intenso poder de fogo do seu rival de Tim Merlier, que se vingou do seu compatriota duas semanas após ter sido derrotado por ele na Clássica Brugge-De Panne.

PUB
TrekFest 2024

O belga da Soudal Quick-Step venceu, em sprint, ao fim de 205,3 km e lançando-se a quase 250 metros da linha. Mais rápido do que seus rivais, Merlier conquistou a sua primeira vitória na Scheldeprijs e a sua sétima na temporada.

 

Bloqueado e claramente batido, Jasper Philipsen teve de contentar-se com o 2º lugar, logo à frente de Dylan Groenewegen (Jayco-AlUla). O top-5 é completado por Cees Bol (Astana Qazaqstan) e Hugo Hofstetter (Israel-Premier Tech).

PUB
Beeq

PUB
Specialized Levo

 

“Não estava nos planos ganhar hoje, mas isso deveu-se às circunstâncias da corrida. Alguns ciclistas estavam a bater uns contra os outros e foi assim que perdi o meu comboio, mas sabia que o Bert [Van Lerberghe] ainda estava lá. E o Bert sabe exatamente o que deve fazer”, disse Merlier após a corrida ao Wielerflits.

 

“Aprendi com o sprint na Clássica Brugge-De Panne. Foi por isso que comecei de longe. Vamos a cerca de 70 a 75 quilómetros por hora e é tudo muito rápido”, explicou o belga,

PUB
TrekFest 2024

Próxima paragem de Merlier: o empredrado de Paris-Roubaix. “Já senti durante a Volta a Flandres que a minha forma estava a evoluir bem. Também recuperei bem dos esforços. Mal posso esperar. Espero que a sorte esteja do meu lado”, conclui.

Ivo Oliveira (UAE Emirates) foi 112.º classificado, a 2,07 minutos do vencedor.

Classificação


Créditos da imagem: Le Grupetto Twitter – https://twitter.com/LeGruppetto/status/1775545691655356855/photo/1

Também vais gostar destes!