Mauro Gianetti, diretor geral da UAE Emirates, diz que não é normal o fraco desempenho da sua equipa no UAE Tour, a corrida de que a formação dos Emiratos é anfitriã e por isso tem pergaminhos a defender.

PUB
Orbea Genius Dealers

Apesar de ter dominado a prova ao longos dos dias, tanto por Brandon McNulty, como Jay Vine, após ter sofrido o revés da desistência por queda do líder e principal candidato à vitória, Adam Yates, a equipa perdeu tudo na 7ª e última etapa.

 

“Claro que isso não é normal, vamos investigar para saber por que é que aconteceu”, declarou Gianetti no final da corrida, no domingo.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

O primeiro dos seus corredores na etapa que terminou em Jebel Hefeet, foi Mikkel Bjerg, na 24ª posição, a 1.38 minutos do vencedor Lennert Van Eetvelt (Lotto Dstny). Um mau resultado invulgar para a equipa número um do ranking mundial da UCI.

PUB
Giant TCR 2024

“Na última subida não estiveram realmente bem. Brandon McNulty ficou para trás após algumas centenas de metros e Jay Vine não se sentiu bem desde o início da subida. Ele tentou dar tudo, mas vimos o que aconteceu. Iremos investigar para saber porque é que isso aconteceu, pois até ontem [domingo] estava tudo bem. É claro que não é normal, a equipa pode e deve ter um desempenho muito melhor. Mas isso é desporto, às vezes nem tudo sai como se deseja. Só temos de tentar entender exatamente o porquê.”, declarou o responsável.


Créditos da imagem: UAE Team Emirates Twitter – Sprint Cycling Agency – https://twitter.com/TeamEmiratesUAE/status/1761762972509094007/photo/3

Também vais gostar destes!