Após a participação no Tour deste ano, Mathieu van der Poel aponta as baterias ao Campeonato Mundial de ciclismo  de estrada que irá acontecer dentro de duas semanas, em Glasgow, na Escócia.

PUB
Specialized Levo

O corredor holandês da Alpecin-Deceuninck foi parte importante das quatro vitórias de etapa que o seu companheiro Jasper Philipsen conquistou, isto além da camisola verde dos pontos. No entanto, foi afetado a meio da corrida por uma virose, acabando por apresentar uma performance diferente do esperado…

À publicação neerlandesa NOS, Van der Poel admitiu estar “ansioso por competir em Glasgow”, revelando que “se encontra totalmente recuperado” da virose que o afetou na Grand Boucle. “Sinto-me muito melhor. Espero que isso seja um bom sinal para o Campeonato do Mundo”, afirmou o corredor da Alpecin-Deceuninck.

“Foi muito agitado, mas acho que fiz um bom lançamento para deixá-lo lá na frente. Ele sentiu um pouco as pernas cansadas, penso eu, mas já fez um Tour incrível. Quatro vitórias de etapa, a camisola verde… não podiamos pedir mais”, disse Van der Poel após ter lançado Jasper Philipsen na última etapa do Tour, sendo que desta feita a vitória não foi para o belga.

“Talvez pudesse ter feito o meu próprio sprint, mas acho que o Jasper mostrou quão rápido é. Estivemos a ver o vídeo [de Paris] do ano passado, o quão rápido ele conseguiu ‘disparar’ lá… Ele tinha-me dito que estava com as pernas um pouco mais fracas e não há motivo para se envergonhar disso”, afirmou.

Durante esta edição do Tour de France, Mathieu van der Poel entrou em quatro fugas, sendo que nenhuma delas foi bem-sucedida. O neerlandês diz que “devido à virose não se sentia no seu melhor nível durante as poucas oportunidades que teve para ganhar etapas”.

PUB
KTM

“Como corredor de clássicas, não temos muitas oportunidades. Na segunda semana fiquei doente e durante as duas oportunidades claras que tive não me sentia no meu melhor nível”, revelou.

“Senti-me um pouco infeliz, mas agora já me sinto feliz por ter melhorado e acabar por recuperar na terceira semana. Ontem já me sentia bastante bem novamente. Estou feliz com isso”, concluiu o atleta, cuja participação nos mundiais pode também passar pela prova de BTT em XCO, como o próprio adiantou em tempos. A ver vamos…

Mais info:

Lê também:

Diário do Tour 2023: Para o ano é que é, Pogacar?

PUB
Cube Stereo ONE

Imagens: Instagram Mathieu van der Poel

Também vais gostar destes!