João Rodrigues (W52-FC Porto) é o vencedor da 47.ª Volta ao Algarve, ao ser segundo classificado na quinta e última etapa, com chegada ao Alto do Malhão, ganha pelo francês Élie Gesbert (Team Arkéa-Samsic).

PUB
Beeq

“É uma alegria imensa, uma grande vitória, foi algo magnífico que acabamos de fazer. Esta vitória deu muito trabalho e agora é a parte de desfrutarmos deste esforço. É uma vitoria do coletivo, eu apenas consegui rematar da melhor forma possível e melhor presente não podia dar à minha equipa. Ganhar em casa é sempre magnifico, tenho cá a minha família e amigos”, declarou visivelmente satisfeito João Rodrigues.

“Não foram cinco etapas perfeitas, mas conseguimos rematar da melhor forma no dia mais importante. A equipa esteve muito bem, o Amaro fez um trabalho espetacular e por isso é que estamos aqui a celebrar. Estamos de parabéns. Não nos interessava discutir qualquer outra posição que não o primeiro lugar por isso iriamos atacar”, afirmou o corredor português.

O ciclista da W52-FC Porto recuperou a desvantagem de 12 segundos para o camisola amarela Ethan Hayter (Ineos Grenadiers) com que partiu para a derradeira jornada. Kasper Asgreen, terceiro na geral à partida, selecionou o pelotão na curta, mas íngreme, subida de Alte e depois a W52-FC Porto endureceu o andamento no início da subida, fragilizando Hayter.

PUB
KTM E-Bikes BTT

A 1500 metros do final, Amaro Antunes, João Rodrigues e Élie Gesbert destacaram-se. Os dois últimos conseguiriam manter-se na dianteira. O francês venceu a etapa e João Rodrigues chegou com o mesmo tempo. Hayter perdeu 21 segundos, perdendo a amarela por 9 segundos. Kasper Asgreen completou o pódio com mais 28 segundos do que Rodrigues. A W52-FC Porto venceu ainda por equipas.

Também vais gostar destes!