João Almeida e Rúben Guerreiro vão ser representados pela Polaris Sports, empresa que é propriedade de Jorge Mendes, um dos agentes mais prestigiados e influentes no futebol.

PUB
Selle SMP

Os dois corredores portugueses, que brilharam na edição de 2020 do Giro de Itália, terão as carreiras desportivas geridas pelo superagente, depois de a Polaris Sports ter celebrado uma parceria com a homóloga Corso, de João Correia, que mantinha os direitos de representação daqueles atletas.

João Almeida, da equipa belga Deceuninck-Quick Step, e Rúben Guerreiro, da norte-americana Education First-Nippo, juntam-se aos compatriotas Ivo e Rui Oliveira (UAE Emirates), medalhados nos Campeonatos da Europa de Pista em 2020, e a André Carvalho, que este ano competirá pela Cofidis, também representados por Jorge Mendes.

“A Polaris Sports e a Corso acabam de estabelecer um acordo de parceria, que visa otimizar as perspetivas comerciais dos [dois] ciclistas portugueses, numa associação que se adivinha seja profícua e de sucesso”, informa a primeira empresa em comunicado.

“É com entusiasmo que damos as boas vindas a estes atletas, que se juntam à constelação da Polaris Sports, que gere a vertente comercial da carreira de alguns dos mais reconhecidos desportistas do mundo”, pode ler-se no mesmo documento redigido pela empresa que agencia, entre outros futebolistas, Cristiano Ronaldo, João Félix e Diogo Jota, e o treinador José Mourinho, e João Sousa (ténis), Patrícia Mamona (triplo salto), Frederico Morais (surf) ou Charles Leclerc (Fórmula 1).

Getty Images

PUB
Novidades Trek 2024

Também vais gostar destes!