Com o calor que se faz sentir nesta altura do ano (e, felizmente, até meados de outubro, se tivermos sorte!), poder contar com bom equipamento para o verão é fundamental. Falamos de cicismo de estrada e de vestuário técnico que privilegie a ventilação e a respirabilidade do corpo nas saídas longas e intensas, em dias de altas temperaturas. Neste sentido, experimentámos a nova coleção Spiuk Profit Summer 2022, que a marca gentilmente nos cedeu, para verificarmos se acontece precisamente isso, entre outras sensações transmitidas. Aqui ficam as nossas impressões.

PUB
LIV INTRIGUE ADVANCED PRO 29 1

Ora, ao fazermos muitos e bons kms com todos estes equipamentos – jersey, calções, luvas, sapatos, capacete e meias -, eis que tentámos dar atenção a outros pontos sempre importantes na roupa que usamos na estrada: qualidade de fabrico, aerodinâmica, ergonomia, conforto e design.

Em geral, quisemos perceber até que ponto esta coleção nos faz sentir bem a praticar o desporto a que se destinam. Sendo a gama mais evoluída no catálogo da Spiuk neste momento, as sensações são muito boas.

Aqui ficam as nossas impressões sobre todos estes produtos um pouco mais em detalhe, juntamente com algumas imagens detalhadas e um vídeo de resumo (que está logo no início deste artigo).

Jersey Spiuk Profit Summer

A camisola de manga curta Profit Summer faz jus à denominação. É efetivamente apropriada para temperaturas elevadas como as que fazem sentir no nosso país neste momento.

A Spiuk anuncia-a como tendo sido desenvolvida para assegurar ventilação e respirabilidade superiores durante o esforço físico muito intenso e/ou sob altas temperaturas, concebendo-a com a parte frontal em malha, numa tentativa de otimizar a ventilação.

PUB
GIANT ANTHEM ADVANCED PRO 29

O objetivo é conseguido, efetivamente. Uma jersey que garante uma sensação de frescura muito evidente – e garantimos que foi submetida a exame rigoroso, em treinos longos e duros, debaixo de temperaturas que chegaram aos 40 graus “estampados” no ciclocomputador.

Esta qualidade estende-se à (importante) área posterior desta jersey, onde outras virtudes também sobressaem. Desde logo, o correto ajustamento (extremamente fit) do tecido às costas e ombros, incluindo os bolsos de dimensão precisa e correto posicionamento, e as mangas (o fabricante diz que são bielásticas), de corte cru (sem costura), que se adaptam ao braço sem pontos de pressão.

Somam-se a estas características outras indispensáveis a uma peça de vestuário de ciclismo de gama superior: ergonomia, conforto e aerodinâmica, e, não menos importante, diversos pormenores de estilo de bom gosto e conferem inegável classe, não apenas a esta camisola, como ao conjunto completo Profit Summer 2022.

No rebordo da gola (ou melhor, da inexistente gola, em estilo moderno e… promovendo a frescura) está o único senão desta camisola: a costura não é perfeita, requerendo amiúde o seu ajuste. Disponível em três cores a preço de 99 euros.

Calções Spiuk Profit Summer

A Spiuk procedeu a melhoramentos nos seus calções topo de gama, maximizando-lhes o conforto e a eficiência. Apontando a sua utilização, à imagem da camisola Profit de verão, a esforços físicos muito intensos e/ou longas distâncias, o fabricante recorreu aos painéis de tecido de compressão progressiva Interlink, sem costuras ou silicones adicionados, que permitem fixar e estabilizar a peça de vestuário face às vibrações transmitidas pelo rolamento da bicicleta na estrada.

Como não há elemento mais importante para o conforto do vestuário de ciclismo do que calções com uma boa carneira, os Profit Summer são construídos com camurça Elastic Interface Paris Hybrid Cell, patenteada pela Spiuk e desenvolvida para garantir essa comodidade, sem queixumes, durante muitas horas de pedalada – a marca fala de até sete horas. Mais do que suficientes, cremos! As alças contribuem para essa eficiência. Incluem bolso integrado (na traseira) e perfurações a laser. O preço é de 129 euros.

O ergonomia e conforto corretos da carneira são, sem dúvida, as melhores qualidades dos calções Profit Summer, disponíveis apenas em preto e com extensão (de perna) longa. O tecido tem uma elasticidade bastante elevada, com forte compressão (mais notório em coxas mais musculadas), o que pode não agradar a todos os utilizadores.

Sapatos Spiuk Profit RC

A Spiuk tem neste Profit RC um ótimo sapato de estrada para competição, reunindo todos os requisitos incontornáveis para assegurar altas performances e… a um preço comedido – sensivelmente metade dos seus pares mais dispendiosos: 199 euros.

No rol de elementos que faz do Profit RC um modelo “especial de corrida” encontramos desde logo a sola de fibra de carbono (RLX31 UD com pino tacão substituível), o sistema Boa Fit de última geração com ajuste milimétrico bidirecional e, claro, a estrutura em material sintético que combina leveza, estabilidade e ventilação.

Disponíveis em branco e em preto, os Profit RC são tudo isso e ainda mais: confortáveis e maleáveis, aparentemente sem prejuízo para a durabilidade. Também importante (especialmente no modelo em branco): são facilmente laváveis.

Luvas curtas Spiuk Profit Summer

Produzidas com materiais viscoelásticos, as luvas Profit Summer absorvem bem as vibrações e os impactos, e são leves e confortáveis. Todavia, essa virtude não seria suficiente sem um design eficaz e que assegure ajuste confortável à mão.

O mesmo tecido elástico, sem costuras, nas costas da mão e a aderência e os reforços ligeiros na zona da palma garantem o resto das características “obrigatórias” a umas boas luvas de verão. Custam 34 euros.

Meias longas Spiuk Profit Summer

Meias de cano alto (24 cm) tecidas com fio Meryl Skinlife, da Spiuk, “criado para baixar a sensação térmica nos dias mais quentes e com estrutura interna Airflow Architecture, que cria fluxos de ar que otimizam a ventilação do pé”. Este é o “pregão” da marca espanhola para “vender” estas (bem) longas Profit Summer (14 euros).

E garantimos que não é enganoso: leveza, conforto e refrigeração são virtudes comprovadas. E ainda providenciam eficaz controlo dos odores graças ao fio antibacteriano Meryl Skinlife, também patenteado pela Spiuk.

Capacete Spiuk Profit Aero

Projetado para ganhar segundos preciosos em competição, por etapas, em clássicas, contrarrelógios ou noutras modalidades que incluem também ciclismo (como o triatlo), o capacete Profit Aero é isso mesmo: aerodinâmico.

Deve isso à geometria muito compacta, com área frontal reduzida, e à arquitetura de canalização (entrada e extração do fluxo de ar interno). Estas características, somadas à dos tecidos antibacterianos do revestimento interior, garantem a frescura na cabeça mesmo sob temperaturas elevadas.

Mas há mais competências a destacar. Dispondo de um incomum (mas muito útil e prático ) fecho magnético Fidlock e de sistema Boa Fit, este sofisticado capacete permite ajuste mais rápido e preciso do que muitos concorrentes. E tem design atrativo, combinando bem com diversos formatos e tamanhos de óculos. Disponível em três cores (preto, branco e vermelho) e a troco de 139 euros.

Mais info:

PUB
Catlike Kilauea

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Ricardo Costa

Também vais gostar destes!

Mais em Testes