Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick Step) continua a preparação após o longo processo de reabilitação das consequências da grave queda em agosto de 2020 no Giro de Lombardia e encontra-se a treinar há três semanas em Sierra Nevada, no sul de Espanha.

PUB
Giant TCR 2024

“Ainda tenho trabalho a fazer para estar bem preparado para o arranque do Giro, mas estou muito feliz por poder andar de bicicleta novamente. É o mais importante”, revelou Evenepoel num vídeo postado na sua conta do Instagram.

O belga de 21 anos venceu quatro corridas por etapas em 2020, incluindo a Volta à Polónia, mas sofreu uma grave queda no dia 15 de agosto, no Giro de Lombardia, na descida para Sormano, quando se despistou, precipitando-se de uma ponte a cinco metros de altura no vazio.

O ciclista sofreu uma lesão nos pulmões e fraturou a pélvis, que não o fez passar pela sala de operações, regressando aos treinos de bicicleta em setembro. Todavia, em novembro seguinte, teve de parar devido a complicações na recuperação da fratura. Evenepoel confessou que se sentia muito desconfortável na bicicleta e adiou a data para o regresso às corridas. “Não sei quando voltarei a concorrer”, disse o ciclista.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Há cerca de um mês, após alguns dias de treinos em Tenerife (Espanha), Evenepoel e a equipa QuickStep anunciaram o regresso do corredor à competição no Giro de Itália, que decorrerá entre os dias 8 e 30 de maio. Na ocasião, o corredor admitiu colocar-se ao serviço do português João Almeida, se não se encontrasse em condições de lutar pelo triunfo na prova.

Também vais gostar destes!