Emanuel Buchmann não aceitou ter sido afastado pela BORA-hansgrohe. Pré-selecionado para o Giro, assim como Sam Welsford, os dois homens acabaram por ser preteridos pela direção desportiva da equipa alemã.

PUB
Giant TCR 2024

Este ano, Emanuel Buchmann concentrou toda a sua preparação em estar em forma no início de maio para a Volta a Itália. O campeão alemão, bastante discreto no arranque da temporada e apenas 32º classificado na Volta ao País Basco na sua última participação no começou de abril, poderá ter sido suplantado pela revelação do seu jovem compatriota Florian Lipowitz, surpreendente terceiro da geral no último Volta à Romandia.

Na sua conta do Instagram, Emanuel Buchmann não hesitou em expressar o que lhe vai na alma: “Não consigo descrever a minha desilusão e a minha frustração por não ter sido selecionado para a Volta a Itália este ano. Todo o meu ano foi organizado para o Giro e a BORA-hansgrohe prometeu-me a posição de co-líder para a classificação geral. O programa de treino correu bem, a forma é boa. Nas últimas três semanas no [Vulcão] Teide [estágio em altitude], queria fazer os preparativos finais, mas 16 dias antes do início do Giro recebi uma chamada telefónica informando-me que não estaria na equipa”.

Com esta declaração, não seria surpreendente ver o quarto classificado no Tour de França de 2019 mudar de morada no final da temporada…


Crédito da imagem:Instagram Emanuel Buchmann – https://www.instagram.com/p/C6WOi58t9l1/?utm_source=ig_embed&ig_rid=c91c5e98-03a9-45a7-bb44-ab389af52fb0

Também vais gostar destes!