Leveza, rigidez e durabilidade. Três pontos importantes numa bicicleta vencedora de ciclocrosse e que a Canyon agora apresenta nas mais recentes versões da gama Inflite, com atualizações tanto nas suas especificidades, como nas pinturas.

A topo de gama CF SLX, a CF SL e o modelo de gama de entrada da AL SLX estão desde esta terça-feira disponíveis para os amantes desta modalidade, com preços que vão desde os 1.599 euros até aos 4.499, este claro, o valor mais elevado por ser a réplica da bicicleta campeã do mundo.

full 2021 inflite cf slx 9 team bk mc 2658 P5

Mathieu van der Poel e Ceylin del Carmen Alvarado envergam as camisolas arco-íris e ambos conquistaram os títulos com as suas Canyon.

A CF SLX tem um quadro de carbono que pesa 940 gramas (tamanho M) e que apresenta um design específico para o ciclocrosse.

Segundo a marca, a forma distintiva do tubo superior faz com que seja mais fácil carregar a bicicleta no ombro, criando assim mais espaço e proporcionando mais equilíbrio.

A Canyon destaca ainda o espigão descoberto, que permite mais flexibilidade e reduz a fadiga muscular.

O avanço mais curto proporciona um maior controlo nas curvas mais fechadas e a geometria da forqueta e o ângulo de direlão de 72 graus, oferece maior capacidade de resposta.

O modelo está disponível nos tamanhos de 3XS a 2XL.

Inflite CF SL

full 2021 inflite cf sl 8 bk tq 2779 P5

É o modelo que a marca classifica “mais acessível”, mas tendo o design e o desempenho das bicicletas que conquistaram os Mundiais.

A Canyon afirma que o que foi aprendido no desenvolvimento dos modelos SLX “foi introduzido diretamente no ADN do quadro CF SL”.

“Na balança, estes quadros e forquetas são as referências da sua categoria em relação à responsividade e durabilidade”, explica a marca.

As características deste modelo acabam por ser idênticas às do modelo topo de gama.

Mais informações: