Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step) e Primoz Roglic (BORA -hansgrohe) irão correr a 76ª edição do Critério do Dauphiné e serão as principais atrações na corrida francesa que terá início no dia 2 de junho.

PUB
Garmin

Depois de participar na Paris-Nice em março, Remco Evenepoel estreia-se na segunda grande corrida de uma semana realizada em França. A um mês do Tour, será a oportunidade para o jovem belga avaliar a forma após um longo período fora de competição, desde 4 de abril, quando sofreu uma queda grave na Volta ao País Basco, em que fraturou uma clavícula e uma omoplata.

O mesmo para Primoz Roglic, que poderá voltar às corridas após oito semanas. Falou-se que o esloveno poderia preferir a Volta à Suíça ao Dauphiné, para tentar vencer a única grande corrida por etapas de uma semana que falta ao seu palmarés, mas afinal será no evento francês que o vencedor da edição de 2022 continuará a sua preparação para a 111ª edição da Grande Boucle.

PUB
Specialized Levo

Além de Remco Evenepoel e Primoz Roglic, na lista de inscritos do Critério do Dauphiné estarão uma série de outros corredores de primeiro plano que também estão apostados ao Tour. A saber: Juan Ayuso (UAE Emirates), Mikel Landa (Soudal Quick-Step), Aleksandr Vlasov (BORA-hansgrohe), Mads Pedersen (Lidl-Trek), Carlos Rodriguez (INEOS Grenadiers) e Sepp Kuss (Visma-Lease a Bike) ou David Gaudu (Groupama-FDJ).

PUB
Nova Trek Supercaliber

Ausentes estarão Tadej Pogacar (UAE Emirates), a recuperar do Giro, e Jonas Vingegaard (Visma-Lease a Bike), que ainda não estará na condição física ideal para competir numa corrida deste nível.


Crédito da imagem: Critério do Dauphiné Twitter – https://x.com/dauphine/status/1753007895942246767/photo/1

Também vais gostar destes!