Seria a maior transferência do ciclismo francês este século: a contratação, que parece cada vez mais plausível, da neerlandesa Demi Vollering pela equipa francesa FDJ-Suez!

PUB
KTM

Nas últimas semanas, após a sua saída anunciada da SD Worx-Protime, Vollering (à esquerda na imagem principal, ao lado da compenheira de equipa Lotte Kopecky) surge ligada à equipa francesa. Agora é a Gazzetta dello Sport que anuncia a mais recente vencedora do Tour de França Feminino como reforço da FDJ-Suez.

Ciro Scognamiglio, jornalista da revista italiana, anunciou que um acordo entre Vollering e formação gaulesa para um contrato plurianual a partir de 2025 estava quase assinado. Seria a maior transferência de uma equipa francesa, incluindo no ciclismo masculino.

Há cerca de dez dias, a Gazzetta dello Sport revelou que a equipa dirigida por Stephen Delcourt – em plena ascensão – estaria “em negociações para assinar” com a vecedora do Vélo d’Or Feminino em 2023.

Na manhã da Volta a Flandres, a equipa francesa teria dito à GCN que a FDJ e a Suez iriam celebrar novos contratos de patrocínio, que se estenderiam até ao final da temporada de 2028. “Estamos a trabalhar nos detalhes, mas tenho total confiança dos meus dois parceiros”, disse Stephen Delcourt à GCN. O suficiente para convencer Demi Vollering?

Delcourt responde aos rumores com um gracejo: “Não somos neerlandeses e temos bicicletas Lapierre”. Antes de acrescentar mais a sério: “Todas as equipas estão a conversar com a Demi. Na minha opinião, este processo vai levar tempo, porque creio que ela tem a possibilidade de assinar pela equipa que quiser”.


Crédito da imagem: SD Worx Twitter – https://twitter.com/teamsdworx/status/1642628879582986240/photo/1

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Também vais gostar destes!