Algures no ar entre Los Angeles e Londres. Dia 11 de março de 2020. Hans Rey e a sua esposa Carmen Freeman-Rey seguiam a bordo de um avião num voo entre estas duas cidades e tinham um plano simples em mente: passar algum tempo no Reino Unido. As portas do avião já estavam trancadas e os passageiros tinham os cintos colocados quando o comandante do avião anunciou a proibição de viajar entre a Europa e os EUA. Naquela altura, esse impedimento ainda não incluía o Reino Unido, mas por quanto tempo assim seria? Era a permissão de podermos regressarem que estava em causa…

PUB
Cofidis

Houve muito “burburinho” entre os passageiros a bordo, bem como autorização para desembarcar dada às pessoas que assim o desejavam. Era preciso tomar uma decisão rapidamente e Hans e a sua companheira optámos por abandonar o avião… Esta acabou por ser a decisão certa, pois o que veio a seguir compensou tudo! E falamos de bicicletas, claro.

Hans Rey

De facto, nos dias seguintes a proibição de viajar foi alargarda ao Reino Unido. E a Califórnia, bem como muitos outros pontos do país, foi obrigada a encerrar bares, restaurantes, escritórios, escolas, praias, parques, trilhos… Dois dias antes disto, Hans e Carmen pensaram em alugar uma caravana e fazer uma viagem de “trabalho”. Mas parecia que tal plano de visitar alguns estados norte-americanos com belas paisagens e fazer algumas filmagens pelo caminho tinha de ser adiado…

Contudo, passadas algumas semanas, o plano avançou! E é dele que queremos falar, já que o casal, ao encontrar praias mais cheias do que nunca e trilhos mais movimentados do que já alguma vez tinham visto, devido ao levantamento das restrições, decidiu partir rumo ao oeste selvagem.

Hans Rey

A rota, com as bikes “a reboque”, levá-los-ia da Califórnia ao Nevada, depois Utah, Colorado, Arizona e Utah novamente. A ideia era percorrer parques nacionais e visitar amigos em paisagens de deixar qualquer um de queixo caído. E é disso que trata esta história, alternando com os muitos momentos em que Hans pega na bike e percorre trilhos que poucos no mundo têm oportunidade de palmilhar. As fotos deste artigo mostram isso mesmo…

Frio… ou calor?

Ao longo do caminho, o casal Rey sentiu na pele amplitudes térmicas elevadas, com contraste de temperaturas entre 38º, com um sol escaldante, e situações de frio e neve. Carregados com bicicletas, equipamento, comida (cerveja e vinho!), Hans e Carmen partiram para o nosso primeiro destino: Las Vegas. Mas após uma rápida paragem noturna (sem a bicicleta pelo meio!), fizeram-se de novo à estrada em direção a Monument Valley, Utah.

Foi uma longa viagem, mas conseguiram chegar ao  primeiro acampamento antes do pôr-do-sol nesse dia, que foi substituído pela mais deslumbrante lua laranja, com um calor de abrasar. Era também o aniversário de Hans, por isso o festejo aconteceu sob as estrelas, com um jantar soberbo num cenário perfeito.

No dia seguinte, Hans decide finalmente agarrar na GT Force instalada na parte de trás da autocaravana, pois a paragem em Gooseneck Bends, uma série de rochas em forma de ferradura esculpidas pelo rio Colorado, era irresistível.

À beira de um dos desfiladeiros, Hans pedalava e saltava de uma laje de rocha saliente para outra, enquanto Carmen fotografava.

No dia seguinte, como o confinamento tinha acabado de ser levantado, conseguiram conduzir ao longo do Vale dos Deuses, um percurso bastante complicado para quem segue de autocaravana. Foram bem sucedidos e o resultado foi mais uma série fantástica de fotos e uma volta de bike deslumbrante… O cenário de fundo era majestoso e repleto de ravinas de arenito.

Rumo ao Colorado…

A paragem seguinte foi junto de Bill, um velho amigo que vive em Mancos, no Colorado. Bill é um excelente fotógrafo e trabalha com Hans há muitos anos. Mudou-se da Califórnia para ali há algum tempo, e um incrível churrasco no terraço foi a melhor prenda de boas vindas que podia ter dado ao casal.

Hans Rey

No dia seguinte, Hans e o Bill andaram pelos trilhos de Ramparts, começando no topo de um planalto e circulando primeiro para baixo antes de voltarem a subir novamente. Muitos kms pela floresta de Aspen, cortada por riachos de água cristalina que se intrometem entre grandes árvores. Havia alguns obstáculos devido a uma tempestade na noite anterior, com muitas árvores caídas em cima dos trilhos. Uma forma ainda mais interessante de Hans e Bill se divertirem em cima das bikes!

Havia alguns obstáculos devido a uma tempestade na noite anterior, com muitas árvores caídas em cima dos trilhos.

Depois, mais um dia, mais um passeio. Desta vez foram os afamados trilhos do Phil’s World Mountain Bike Trail, perto de Cortez, Colorado. Hans e Bill tinham combinado encontrar-se com alguns riders locais e estes foram a chave para descobrirem caminhos com muitas rochas soltas, grandes drops e imensos trilhos técnicos.

Após duas aventuras com Bill, Hans partiu para Telluride, uma antiga cidade mineira que é agora um famoso destino de esqui nas Montanhas Rochosas. Mais umas boas voltas de bike, seguidas de um final de dia no Parque Sunshine e, pela manhã, de dois passeios divertidos. O primeiro foi no Bear Creek Trail, uma vasta pista com vários níveis de dificuldade que corre paralelamente ao rio juntamente com prados e pequenas quedas de água. Concentração máximo, pois o chão era composto por rochas soltas do tamanho de uma mão e muitas lajes molhadas.

O passeio seguinte foi o regresso ao longo de Trico Peak e Ingram Falls, onde as quedas de água são espetaculares e onde Carmen conseguiu finalmente dominar a fobia de andar pelos rios. Escusado será dizer que este é um cenário muito fácil para Hans, que ali pedalava na boa e sem qualquer dificuldade.

Pedalar com um campeão de downhill!

ALguns dias depois, regressados ao Utah novamente, Carmen e Hans passarem por Moab para uma visita a Greg Herbold, mais conhecido como HB. HB é um antigo campeão mundial de downhill e tem no Slickrock Bike Trail o seu “quintal”. Hans e HB lembram-se bem dos seus reconhecidos papéis cómicos em Tread, um filme de BTT que ali foi parcialmente filmado em 1993.

Slickrock é um trilho mundialmente famoso, em rocha sólida e marcado com pontos de tinta. E mais vale deixar a banda cardíaca em casa, pois o que não falta são declives íngremes, descidas repentinas e grandes drops, que requerem técnica e resistência. Hans usou uma e-bike, a GT E-Force, pois pensou que uma pequena ajuda no campo da resistência deixaria mais energia para desafios adicionais.

Feita a despedida de HB, Hans seguiu para Wilson’s Arch, um enorme arco natural dourado que fez Hans decidir que estava na hora de pegar na bicicleta para um momento no Instagram. O espetáculo valeu a pena e um dos resultados é a imagem de abertura deste artigo…

Um enorme arco natural dourado que fez Hans decidir que estava na hora de pegar na bicicleta para um momento no Instagram.

De Moab esta equipa de rider e fotógrafa rumou ao Marble Canyon e ao Rancho Lees, que ficam ambos ao lado do rio Colorado. O plano original era ir para Vermillion Canyon, mas a estrada não era nada convidativa a uma autocaravana. Acabou por ser um bom presságio, pois naquela noite deflagrou um terrível incêndio no mato e na estrada, de onde pediram não ter conseguido escapar.

A viagem continuou e, assim, o destino final acabou por ser o Parque Nacional de Zion, no Utah, que não é longe de Virgen, localização do afamado evento Redbull  Rampage. Hans e Carmen optaram aqui pela companhia das e-bikes GT E-Force e E-Verb, respetivamente, para darem uma volta para ficarem a conhecer o parque. Até porque, segundo afirmam, o boost gerado pelos sistemas de propulsão Shimano Steps e Shimano Steps 8000 destas elétricas pode ser uma ajuda fundamental neste tipo de aventuras!

Primeiro o trilho principal do Emerald Pools Trail, depois o Narrows, um desfiladeiro, que foi um caminho desafiante ao longo do rio Virgen. Pensaram que o trajeto seria ao lado do rio e não dentro dele, mas nem sempre foi assim, por vezes com água até à cintura. Estavam 36º, por isso até foi bom, certamente…

Após uma noite bem dormida, eis que Hans concretizou um sonho antigo: andar pelos trilhos de Grafton, em torno de Zion. Teve a ajuda de um guia local, que o levou ao trilho de Wire Mesa, marcado por alguns loops laterais e caracterizado pelo próprio como uma divertida pista técnica com rocha polida e muita areia. Não é para principiantes, requer técnica e experiência, mas não tanto como com Gooseberry Mesa, repleto de secções bastante rochosas. Pura diversão…

Quando Hans regressou, estava com a cara preta como terra, com tonturas, desidratado e com as pernas bambas, garante Carmen. Perto da exaustão. E foi por isso que foi a “patroa” a ter de conduzir a autocaravana de regresso à Califórnia!

Esta foi no fundo mais uma viagem de trabalho de Hans Rey, como vemos pelas sessões fotográficas, mas também uma pausa necessária para avaliar as consequências que uma pandemia traz ao mundo. Uma forma de Hans e Carmen estarem a kms de distância de tudo, percorrendo estradas que cortam paisagens deslumbrantes, que por acaso também escondem trilhos incríveis. Que inveja destes dois…

PUB
Orbea

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!