A BORA-hansgrohe não tem mostrado problemas em apostar em ciclistas cuja formação não foi feita na estrada. Afinal até tem um ciclista que veio do esqui, Anton Palzer. Agora foi contratar alguém do mundo das bicicletas, mas mais conhecido no BTT: Victor Koretzky. E há uma razão para isso…

PUB
Giant TCR 2024

Pode-se dizer que o francês, de 28 anos, fez a sua formação na estrada em 2022, ao serviço da B&B Hotels-KTM, ProTeam que fechou portas no final da temporada. As prestações parecem ter agradado aos responsáveis da BORA-hansgrohe, com Koretzky a mostrar ter características de quem consegue enfrentar bem algumas subidas. Até conquistou uma vitória na primeira temporada em que trocou o BTT pelo asfalto: venceu uma etapa na Alpes Isère Tour, em maio.

Foto: Twitter B&B Hotels-KTM

O campeão francês de cross-country olímpico (XCO), em 2019, assinou contrato por um ano. No entanto, a BORA-hansgrohe pretende seguir o exemplo de outras equipas e começar a apostar mais também em disciplinas além da estrada.

O diretor da equipa alemã, Ralph Denk, é o primeiro a admitir que está a entrar “num novo território”: “Admito que estou mesmo contente por ter assinado com o Victor. Já estivemos presente em [competições] off-road no passado, mas ao contratar o Victor vamos abordar esse tema mais estrategicamente. No nossos desporto está a tornar-se cada vez mais importante estar presente em vários tipos de terreno, especialmente com um parceiro como a Specialized.”

O responsável acrescentou aquando do anúncio da contratação do ciclista francês: “Juntos podemos oferecer ao Victor a plataforma perfeita tanto para a estrada como fora dela. O plano é ele continuar a competir na Taça do Mundo de BTT, mas também encaixar um programa de estrada.”

Referiu ainda que quanto ao tipo de ciclista que Koretzky é, Denk considera que o poderemos ver numa ou outra semiclássica na primavera.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Koretzky até foi o primeiro ciclista da B&B Hotels-KTM a resolver a sua situação quando ficou claro que a equipa de Jérôme Pineau não iria reunir os patrocínios necessários para continuar o projeto. Agora está focado em singrar na nova equipa e no World Tour, mas também em concretizar um sonho.

“Estou muito feliz por ter esta oportunidade na BORA-hansgrohe. Já ganhei experiência na estrada este ano, mas numa equipa de topo como está, será muito diferente. Gostaria de evoluir na estrada e tornar-me um pilar da equipa. Mas o meu grande sonho é a corrida de BTT nos Jogos Olímpicos, em Paris2024. É ótimo que com a BORA-hansgrohe e com a Specialized eu tenha a base perfeita para todos os terrenos”, salientou.

O corredor francês é o quarto reforço da BORA-hasngrohe para a temporada 2023. Os outros são Bob Jungels (AG2R Citroën), Nico Denz (DSM) e Florian Lipowitz (Tirol-KTM).

Também vais querer ler…

Do esqui para o ciclismo: Anton Palzer renovou com a Bora-Hansgrohe

PUB
Prototype

Fotografia principal: BORA – hansgrohe / Sprintcycling

Também vais gostar destes!