Tiago Leal (Rádio Popular-Paredes-Boavista) foi o vencedor da terceira e penúltima etapa do Grande Prémio Douro Internacional. Nos axadrezados, Francisco Peñuela consolidou a camisola amarela.

PUB
Giant TCR 2024

Os 129,6 quilómetros entre Tabuaço e Armamar, marcados por três prémios de montanha, dois dos quais de primeira categoria, e por nova chegada em alto, teve as primeiras tentativas de fuga bem cedo, mas só depois de percorridos 30 quilómetros é que um grupo de quatro corredores conseguiu uma vantagem de 45 segundos.

O grupo era formado por Audrey André (GI Group/Simoldes/UDO), Sérgio Garcia (Aviludo/Louletano/Loulé), Óscar Cabedo (ABTF Betão/Feirense) e Francisco Pereira (ABTF Betão/Feirense) e passou a contar com Gaspar Gonçalves (Aviludo/Louletano/Loulé) e Francisco Guerreiro (GI Group/Simoldes/UDO) após a contagem de montanha de Montanga.

Mas a cinco quilómetros da meta, o pelotão ficou novamente compacto e a fuga foi anulada. A partir daí, começaram as movimentações para atacar o triunfo, sobretudo entre Francisco Peñuela e Artem Nych, mas acabou por ser Tiago Leal a sorrir, seguido do companheiro Peñuela, que cimentou a liderança da classificação geral.

As decisões estão reservadas para a derradeira etapa, segunda-feira, de 170,4 quilómetros, com início (12h) e final (16h20) em Lamego, é a mais longa e será pautada por um constante sobe e desce.

Classificações


Créditos da imagem: Federação Portuguesa de Ciclismo

PUB
Orbea Genius Dealers

Também vais gostar destes!