No primeiro dia nas montanhas do Tour 2021, Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) fez uma demonstração cabal de superioridade com uma iniciativa de longe e em solitário – atacando na penúltima contagem de 1.ª categoria da 8.ª etapa – e cavou uma vantagem de cerca de três minutos aos seus principais rivais na tabela classificativa, ascendendo desde já à liderança da corrida francesa.

PUB
KTM

 

O esloveno só não foi capaz de coroar a exibição com a vitória na etapa, já que Dylan Teuns (Bahrain Victorious) sobreviveu da fuga do dia – que só se formou a partir de um pelotão muito reduzido após frenéticos 70 km iniciais – para vencer isolado em Le Grand Bornand. Pogacar, que já ascendeu à liderança da classificação geral, foi quarto posicionado na jornada, ultrapassado sobre a linha por outros sobreviventes da escapada, Ion Izaguirre (Astana-PremierTech) e Michael Woods (Israel Start-Up Nation), segundo e terceiro, respetivamente.

Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix), que envergou a camisola amarela à partida para a etapa, perdeu-a naturalmente nas montanhas e Wout van Aert (Jumbo-Visma), segundo ao arranque, foi incapaz de ascender à liderança, apesar de um bravo esforço.Quando Pogacar fez o seu ataque no Col de Romme, a segunda de três contagens de 1.ª categoria do dia, que precederam a descida até a meta, já há muito que dois favoritos à partida para este Tour tinham ficado definitivamente descartados. Geraint Thomas (Ineos Grenadiers), que não aguentou o ritmo logo nos primeiros quilómetros, numa subida não categorizada, e o mesmo sucedeu a Primoz Roglic (Jumbo-Visma), que acabaram a jornada num gruppetto que terminou a mais de meia hora do vencedor.

Durante uma frenética abertura de duas horas em estradas sinuosas, a corrida parecia aberta, já que nenhuma equipa parecia conseguir controlá-la e o próprio Pogačar teve de assumir a perseguição aos ataques madrugadores de Van Aert.

PUB
Beeq

No entanto, a interrogação sobre a capacidade da UAE Emirates de apoiar o seu líder dissiparam-se quando Rui Costa assumiu o andamento no grupo principal no Mont-Saxonnex (1.ª cat.) e David Formolo nas primeiras encostas do Col de Romme, preparando o ataque de longe de Pogacar, com 30 km ainda pela frente.

Richad Carapaz (Ineos Grenadiers) foi o único que conseguiu responder, mas apenas à primeira aceleração do esloveno, mas não resistiu a uma segunda… O que aconteceu a seguir foi notável, com Pogacar numa cavalgada ‘a solo’, cortando mais de cinco minutos para a frente da corrida – e distanciando cada vez mais os seus perseguidores. O vencedor da edição de 2020 do Tour eliminou, um por um, os elementos da fuga do dia, que pareciam estar a participar… uma corrida totalmente diferente, tal foi a diferença de ritmo. Pogacar fez as subidas de 1.ª categoria (com inclinações médias superiores a 8%) em pedaleira grande e desmultiplicações assombrosas em alta montanha (53×27-29).

O corredor da UAE Emirates ainda alcançou Izaguirre e Woods antes do cume de La Colombière, e só Dylan Teuns manteve-se fora do seu alcance. O belga provou ser superior na descida até a chegada em Le Grand Bornand. Mesmo que a sua exibição tenha sido ofuscada pela de Pogacar, conquistou uma vitória extraordinária, terminando com 45 segundos de vantagem sobre Izaguirre, Woods e Pogačar, Foi a segunda vitória da sua carreira em etapas do Tour e a segunda para sua equipa, a Bahrain em dois dias nesta edição da prova.

PUB
TrekFest 2024

Carapaz ainda foi alcançado pelo grupo dos principais perseguidores, que terminou a 3.20 minutos de Pogacar, incluindo também Wilco Kelderman (Bora-Hansgrohe), David Gaudu (Groupama-FDJ), Rigoberto Urán (EF-Nippo), Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma), Enric Mas (Movistar), Ben O’Connor e Alexey Lutsenko (Astana-PremierTech).

Van Aert chegou 1.30 minutos depois, após uma estoica resistência em solitário. Não foi o suficiente para vestir a camisola amarela: está em segundo lugar da geral, 1.48 m atrás de Pogacar. Lutsenko é terceiro, já mais de 3 minutos, e Urán é o único abaixo dos cinco minutos. Estará o Tour já decidido?

Também vais gostar destes!