Amy Pieters será mantida em coma induzido por, pelo menos, mais três dias, em Alicante, Espanha, de acordo com a sua equipa SD Worx.

PUB
Specialized Levo

A corredora neerlandesa sofreu uma queda a alta velocidade no dia 23 de dezembro quando treinava com a seleção de pista do seu país. O impacto na cabeça da atleta de 30 anos levou a tivesse sido submetida a uma cirurgia ao cérebro.

Os médicos inicialmente indicaram que deixariam Pieters em coma induzido por “alguns dias”, mas o prazo agora foi estendido. Alguns membros da seleção holandesa ficaram em Alicante com a corredora, onde, entretanto, foram chegando familiares seus.

“Os médicos espanhóis no hospital de Alicante decidiram, em consulta com vários homólogos neerlandeses, manter Amy Pieters em coma induzido por, pelo menos, mais três dias”, informa a equipa SD Worx em comunicado. “Os médicos enfatizam que o descanso extra nesta fase confere mais elevadas possibilidades de uma boa recuperação”, pode ler-se no mesmo documento.

Uma avaliação mais aprofundada da condição neurológica de Pieters será impossível até que a corredora recupere a consciência. “Os médicos não serão capazes de avaliar qualquer dano até que voltem a ‘acordar’ Pieters. No momento, nenhum anúncio adicional pode ser feito sobre o acidente e pedimos a todos que respeitem a privacidade das pessoas envolvidas”, refere-se na declaração da SD Worx. “Todos na Team SD Worx estão extremamente consternados e nossos pensamentos estão com Amy e a sua família”, conclui o comunicado.

PUB
Specialized Levo

Também vais gostar destes!