A Vittoria partilhou online recentemente um conteúdo bastante completo sobre as possíveis razões que causam furos frequentemente em pneus com câmaras de ar. Gostámos destas dicas e informações, pelo que as partilharmos por aqui.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Além de incluir indicações de como reparar problemas relacionados, esta é uma lista rápida de coisas que podem estar a acontecer com os pneus e/ou com as rodas e que fazem com que os furos sejam algo muito frequente e que inportuna constantemente as tuas voltas de bike. Tanto em BTT como na estrada.

1. Corpos estranhos no interior do pneu

Segundo a Vittoria, um dos principais motivos de furos frequentes reportados pelso seus clientes e utilizadores de pneus é a presença de algo estranho dentro do pneu ou preso na superfície da roda onde a câmara de ar está enconstada.

“Um espinho, um pequeno pau, uma pedra, sujidade, um pedaço de vidro…”… Tantos são os elementos que podem passar para essa parte, e até mesmo através da superfície principal do pneu, como é o caso do espinho.

Para resolver e verificar a situação, normalmente basta passarmos com os dedos por toda esta superfície interior da roda e/ou das fitas para vermos se encontramos algo. Há muitas coisas que podem estar escondidas…

2. Fitas mal instaladas ou dobradas

Verifica ocm atenção toda a extensão das fitas que estão na superfície interior da roda e em contacto com a câmara de car. “É possível que uma parte da fita esteja entalada entre o extremo da roda e o pneu, ou que a fita esteja dobrada, o que pode expor um dos oríficios e pontas de um ou mais raios.

PUB
Beeq

Isto é algo que pode estar a furar a câmara de ar de forma constante”, explica a marca. Vídeo que mostra como aplicar fitas no interior do pneu:

How do you apply bike rim tape

4. Pneus gastos

Outro dos principais motivos de termos furos frequentes é termos os pneus em mau estado, claro, visto que desta forma já perderam a sua consistência, propriedades e resistência.

“Nos pneus de competição ou de estrada, a altura da área de contacto não pode ser superior a 2 mm; se o pneu já só está a 50%, então teremos apenas cerca de 1 mm de borracha nessa parte. Ou seja, perdemos 50% da capacidade de resistir a algo que seja capaz de furar o pneu e, consequentemente, a câmara de ar, caso esta esteja presente”, avança a Vittoria.

Vídeo da marca que mostra como trocar um pneu:

PUB
Riese & Müller Multitinker
How to fix a bike tire puncture

Podemos mesmo partilhar diretamente uma parte de um outro conteúdo que encontramos online numa das Vittoria Stories: “Verificação rápida: se costumas furar com frequência apenas uma das rodas, muda o pneu para a outra roda. Se o problema permanecer e continuares a furar na mesma roda, então o problema está na jante e não no pneu”.

Mais info:

Também vais gostar destes!