Estes novos motores Shimano podem estar em escalões de potência inferiores aos dos EP8 e EP6 (no caso do EP5) e do E6100 (no caso do E5100), por exemplo, mas apresentam muito potencial para marcar presença nos mais variados tipos de bicicleta elétrica…

PUB
Garmin

Embora ambos ambicionem as gamas médias de bicicletas elétricas dos fabricantes, cada um está focado num tipo de utilizador distinto: o novo motor EP5 (internamente chamado EP500) herda grande parte das características tecnológicas dos EP8 e EP6, com muita tecnologia incorporada, visando um utilizador com um perfil um pouco mais “desportivo”.

Shimano EP5 e E5100

Por outro lado, o novo E5100 é uma unidade motriz mais acessível, talvez com a intenção de se direcionar a um ciclismo mais urbano, em que a conectividade é priorizada em detrimento das prestações, eventualmente.

Shimano EP5

Esteticamente idêntico à série EP, este motor reduz um pouco a performance: oferece um máximo de 60 Nm. No entanto, a tecnologia que incorpora é vasta, sendo um motor muito avançado, pelo que diz a marca nipónica.

Por exemplo, é um motor totalmente configurável, já que, graças à app E-Tube Project Cyclist, é possível adaptar o EP5 ao estilo e preferências de condução de cada um, com a possibilidade de criarmos até 15 modos de assistência.

PUB
Prototype

Existe, como nos EP8 e EP6, a possibilidade de incorporar o sistema de transmissão eletrónico e automático Auto Shift (com mudanças de cubo interno ou desviador, desde que sejam eletrónicos). Este é um sistema autónomo que mete as mudanças entre andamentos automaticamente, podendo, claro, ser personalizado.

A Shimano destaca que a autonomia que se pode alcançar com o novo EP5 é mais alta graças à melhoria da eficiência (fala-se de distâncias de até 270 km, sem especificar mais, que se conseguem em terreno plano e com uma cadência de 60 rpm). As baterias que a Shimano aplica nestes sistemas são as já conhecidas, embora a marca, como de costume, deixe total liberdade para que cada fabricante instale a bateria que achar conveniente.

Ficha Técnica EP5:

  • Motor Pedelec: 250 W de potência nominal e assistência até 25 km/h
  • Par máximo: 60 Nm
  • Travões: compatível com sistema V-Brake, travão de disco
  • Modos de assistência personalizáveis: Eco, Trail, Boost (app E-Tube Project Cyclist)
  • Auto Shift: disponível para transmissões com desviador traseiro e  cubo interno
  • Peso: 3 kg

Shimano E5100

Já o novo motor E5100 é para um ciclismo citadino ou de deslocação diária, em que as prestações ficam em segundo plano. É um motor de conceção simples, leve (mais leve que o EP5), e que tem como finalidade estar em bicicletas que servem mais para nos deslocarmos do que para praticarmos desporto. A potência é mais contida que a do EP5, embora suficiente para o seu propósito: 50 Nm.

Shimano EP5 e E5100

No entanto, também pode ser personalizado (embora em menor grau que o EP5) com a app E-Tube Project Cyclist e é compatível com o Auto Shift, embora nesta ocasião apenas com transmissões de cubo interno.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Shimano EP5 e E5100

Ficha Técnica E5100:

  • Motor Pedelec: 250 W de potência nominal e assistência até 25 km/h
  • Par máximo: 50 Nm
  • Travões: compatível com sistema V-Brake, travão de disco
  • Personalização: com a app E-Tube Project Cyclist
  • Auto Shift: disponível para transmissões com engrenagem de cubo interno
  • Peso: 2,4 kg

Mais info:


Créditos imagens: Shimano

Também vais gostar destes!