Ceylin del Carmen Alvarado mostrou o seu melhor nível este domingo em Troyes, ao vencer, com espetáculo, a quarta ronda da Taça do Mundo de ciclocrosse 2023/24. A simpática neerlandesa nascida na República Dominicana é a nova dominadora da disciplina após Fem van Empel tê-lo sido no arranque da temporada até ter feito uma pausa na competição para recuperar.

PUB

Desta vez, a corredora da Alpecin-Deceuninck impôs-se à jovem compatriota Puck Pieterse, de 21 anos, por 21 segundos e aumenta assim a vantagem na liderança da classificação geral da Taça do Mundo.

A corrida começou com Annemarie Worst na frente, mas rapidamente as características especialmente técnicas do circuito de Troyes começaram a fazer diferenças entre as candidatas.

Lucinda Brand, segunda classificada na véspera, no Superprestige de Merksplas, foi a primeira das corredoras da frente a perder lugares e não mais voltou a recuperar quando os ataques surgiram. Puck Pieterse partiu para a ofensiva ainda na primeira volta, mas Ceylin Alvarado foi rápida a reagir.

PUB
Liv Devote

Pieterse, campeã dos Países Baixos, fez algumas manobras nas voltas seguintes, tentando fazer Alvarado ceder. Fê-lo com sucesso, utilizando a sua técnica para criar estas aberturas, mas as pernas da líder da Taça do Mundo estavam a colaborar. Depois de algumas tentativas, Pieterse foi apanhada por Alvarado na volta 4 e imediatamente contra-atacada. E abriu uma ligeira vantagem para Pieterse, que acaba de regressar depois de um mês de paragem.

Alvarado partiu, então, irresistível para a segunda vitória consecutiva na Taça do Mundo – e a segunda do fim de semana, após o referido Superprestige de Merksplas e cortou a meta visivelmente emocionada!

PUB

Puck Pieterse manteve o segundo lugar destacada, enquanto Lucinda Brand foi terceira, mas já a 44 segundos da corredora nascida na República Dominicana.

“Hoje foi uma luta dura durante a corrida, uma batalha com a Puck [Pieterse] pela vitória. Eu sabia que ela era forte e que provavelmente voltaria bem à competição. Lutei por cada segundo e cada metro. Esta foi, talvez, a minha vitória mais memorável dos últimos anos”, disse, emocionada, Alvarado na entrevista após a corrida.

Classificações

Cyclocrosse24.com


Imagens CX_WorldCup Twitter

Também vais gostar destes!