Há vários dias, até semanas, que parecia restar a formalização e ei-la: Mark Cavendish é corredor da Astana Qazaqstan, com contrato apenas para a temporada de 2023.

PUB
Catlike Whisper Evo

O velocista britânico, de 37 anos, com 34 vitórias em etapas da Volta a França, o que constitui recorde, partilhado com a lenda Eddy Merckx, garante assim uma equipa para prosseguir a carreira, depois de a sua antiga formação, Quick-Step Alpha Vinyl Team (agora Soudal Quick-Step) não lhe ter renovado o vínculo. E um dos grandes sonhos nesta reta final de carreira é precisamente aquela 35ª vitória no Tour.

“Estou muito estusiasmado com esta nova aventura. Corri com Alexander Vinokourov durante muitos anos e agora corro com os seus dois filhos”, disse Cavendish, campeão mundial de fundo em 2011, no site oficial da Astana.

“A Astana Qazaqstan será perfeita para ter sucesso, com uma equipa forte liderada por Alexander, um campeão na bicicleta e um cavalheiro fora dela”, acrescentou o campeão de fundo da Grã-Bretanha.

“Tenho uma longa carreira, mas a alegria de andar de bicicleta e a sede de continuar a vencer estão mais presentes do que nunca. Por isso, estou ansioso para fazer parte de uma equipa de sucesso, que trabalha pelas vitórias, quer a cruzar a linha de chegada em primeiro lugar ou a apoiar os meus companheiros de equipa.”

PUB
Catlike Whisper Evo

“Como sempre, o objetivo será subirmos ao degrau mais alto do pódio”, declarou Maxman, que em 2022 venceu a Milão-Turim, uma etapa na Volta a Itália, no Tour de Omã e na Volta ao Emirados Árabes Unidos.

Por seu turno, Alexander Vinokourov, diretor geral da Astana Qazaqstan Team, também comentou o reforço tardio para a temporada 2023: “Mark Cavendish dispensa apresentações. Ele é o melhor velocista de todos os tempos e estou feliz em recebê-lo na nossa equipa. Ter o melhor velocista é um desafio para nós, mas estamos prontos para isso”, salientou.

“Vemos novos caminhos e novas possibilidades. No entanto, os objetivos são os mesmos: queremos alcançar muito sucesso. Mark ainda tem um grande desejo de vencer e vamos apoiá-lo com todas as nossas forças em todos os tipos de corridas”, afirmou o dirigente e antigo corredor cazaque.

Terminou assim a novela sobre o futuro de Mark Cavendish. Desde a não renovação de contrato pela equipa belga, passando pelo acordo que não se confirmou com a ProTeam francesa B&B Hotels-KTM – que de contratar o sprinter, acabou a fechar portas – até a viagens a Espanha onde Cavendish terá sido visto com uma bicicleta da Astana Qazaqstan e recentemente a entrar num dos carros da equipa. Agora chegou (finalmente) a altura de se concentrar em competir.

Também vais querer ler…

Astana Qazaqstan à procura de regressar aos tempos de muitas vitórias

PUB
Apresentação Titan Desert Marrocos 2023

Fotografias: Twitter Astana Qazaqstan Team

PUB
Specialized Turbo Levo
Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

    Também vais gostar destes!