Chris Froome admitiu que ainda tem “um longo caminho a percorrer” para regressar à melhor condição física. O britânico, que cumpre a primeira prova da temporada no Tour dos UAE, distante dos primeiros lugares, mantém o foco na preparação e admite competir até os 40 anos, reiterando a sua determinação a conquistar a quinta vitória na Volta à França.

PUB
Polisport Joy

Froome pediu paciência, destacando que o processo de recuperação após a queda em 2019 que ameaçou a sua carreira, ainda não está completo. “Passei muito tempo empenhado no treino fora da bicicleta, concluindo a minha reabilitação, mas obviamente tenho um longo caminho a percorrer para chegar à condição ideal para competir ao mais alto nível”, reconheceu o britânico em entrevista ao jornal Guardian dos Emirados Árabes Unidos.

Foto Tim de Waele/Getty Images

“Não sinto dores agora. Fico um pouco desconfortável quando durmo sobre o meu lado direito e onde coloquei uma placa, mas isso não me afeta na bicicleta. Todo o trabalho no ginásio está a produzir efeitos”, declarou Froome, que apesar de celebrar o seu 36.º aniversário em maio, sublinha que não está a pensar no final da carreira, apontando o exemplo da estrela do futebol americano Tom Brady, que ganhou o sétimo Super Bowl aos 43 anos.

Foto Tim de Waele/Getty Images

“Estamos a aprender mais e mais sobre o nosso corpo” disse, assumindo que continua firme na pretensão de ganhar o quinto Tour. “Vai ser um grande desafio, mas cheguei muito perto do recorde de cinco. A minha mente está focada, o espero que o corpo corresponda”, concluiu.

PUB
Orbea

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!