O classicómano da Deceuninck-QuickStep, Zdenek Stybar, vai correr o Campeonato do Mundo de Ciclocross, em Overijse, Bélgica, a primeira participação na prova do ex-tricampeão mundial desta disciplina desde 2014.

PUB
Lazer Sphere

“Não era esperado que corresse o Mundial este ano, mas as coisas evoluíram. Como sabemos, esta disciplina é a minha paixão, por isso, depois de ver algumas corridas na televisão, senti no estômago que queria muito correr”, revelou Stybar.

Stybar durante o GP Sven Nys de ciclocrosse em janeiro de 2019 (Foto GvG/PN/Cor Vos)

O Stybar conquistou o título mundial de ciclocrosse em 2010 e 2011, antes de fazer a transferência para a estrada, após assinar pela QuickStep. Todavia, nunca deixou a disciplina e em 2014 somou o terceiro mundial. Em 2020, o checo participou em nove corridas de ciclocrosse.

O corredor checo venceu o terceiro título mundial de ciclocrosse em 2014

“Depois de treinar muito, sinto-me bem. Pesei as minhas opções, conversei com [o diretor da Deceuninck-QuickStep] Patrick Lefevere e estou muito grato por ter recebido o apoio da equipa. A partir daí iniciei o processo de preparação do material, e vou entrar nessa”, explicou o corredor de 35 anos.

Stybar reconhece que o atual campeão mundial, Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) e o ex-tricampeão Wout van Aert (Jumbo-Visma) são os grandes favoritos aos dois primeiros lugares em Ostend, mas crê que poderá concorrer pela medalha de bronze.

“Existem dois grandes favoritos, mas depois deverá ser uma corrida bastante aberta para o terceiro lugar. O percurso não é muito técnico e beneficiará os corredores mais potentes, que será bom para mim. O meu último bloco de treino foi muito bom, por isso sinto-me capaz de forçar bastante”, esclareceu Stybar.

PUB
Orbea

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!